A "Santa Lavadeira" de Carnide!


O jogador A vale 10 milhões. Digo à imprensa que o vendi por 20 milhões. A imprensa aplaude, os adeptos não contestam e acabam por aplaudir a capacidade de negociação. Muitos meses mais tarde vem no relatório e contas que paguei 12 milhões a intermediários, na verdade o intermediário em causa é o agente do jogador e simultaneamente o sócio do dono do fundo a quem o jogador foi vendido. Na janela de transferências seguinte o fundo vende o atleta à SAD do clube onde já estava, exatamente pelos mesmos 20 milhões. 
Existe alguma coisa neste esquema que faça sentido sem ser para…lavar dinheiro, fugir a impostos e desviar dinheiro dos clubes?
1/ Os clubes são sempre os mesmos Braga, Rio Ave e Carnide vendem para Mónaco, Atl.Madrid e Valência; 
2/ As verbas são sempre super-inflacionadas sem que ninguém chame burros aos clubes compradores, que facilmente por metade podiam adquirir aqueles jogadores;
3/ As despesas de intermediação são elevadíssimas, entre os 45 e os 60% e logo em passes que são maioritariamente detidos a 100% pelo clube de origem, números que não se cobram a nenhum clube e muito menos onde se tem um grau de confiança mais que total;
4/ O Carnide apesar de todas as vendas de 15, 25 e 30 milhões (muitas) reduziu em zero o seu passivo, reduziu em zero o seu serviço de dívida, reduziu em zero os juros dos vários empréstimos que continua a contrair e logo em anos onde declara valiosas receitas de transmissões televisivas, em contratos publicitários e todas as outras explorações comerciais com o nome ou marca do clube.
Depois de tudo isto, acho que não é caso para pedir a investigação a esta rede…é mesmo caso para a exigir. Estranho o silêncio do Porto nesta matéria, não querem eles a verdade no futebol, o cumprimento das leis do nosso país? Ou serão apenas mais um clube "amigo" de Mendes, que se comprometeu a um silêncio cúmplice? A nossa PJ, o nosso MP, a nossa imprensa ficará à espera que sejam outros juízes, de outros tribunais relatados por outros jornalistas que façam o trabalho que devem eles, por dever e obrigação, ser os primeiros a fazer? Estará todo um país amordaçado, "comprado" ou refém das influências de um empresário?
Nunca nos cansaremos de atacar aquela corja das barracas de Carnide, aquele bando de traficantes, putaria e bandidagem!

Nenhum comentário: