E no final pedimos responsabilidades a quem?


Esta era e é uma época que a todos os “títulos” se antevia de “mão-cheia” para o Sporting assim que se viu chegar ao Sporting um senhor chamado Jorge Jesus…o actual bi-campeão nacional e como que “roubado” ao Carnide!
Como todos temos “quase” a certeza esse mesmo senhor “todo-poderoso” está a ser pago a peso de ouro e como é obvio as expectativas criadas quer por Jorge Jesus e Bruno de Carvalho logo no inicio de época deixaram toda a massa adepta e associativa do Sporting em polvorosa para voltar a ver o Sporting a conquistar títulos e a incomodar os outros dois rivais!
E eis que se inicia a época e logo se “instala” entre as nossas hostes um clima de festa com uma vitória sobre o Carnide e a consequente conquista da Super-Taça e nem a gravosa eliminação da Champions se tornou importante para o presidente e para o treinador, pelo menos o nosso presidente não o deu a entender no seu Facebook!
Até porque o que o Sporting “perdeu” foram apenas trocos…14 milhões de €!
E a logo aí o “objectivo” europa e luta por objectivos europeus se esfumuram…até porque Jorge Jesus já “trazia” histórico disso mesmo no anterior clube por onde passou…mas ao menos por lá sempre disputou duas finais…perdeu-as é verdade mas disputou-as!
Mas adiante…
O Sporting cedo se assumiu como candidato ao titulo, mas cedo também se percebeu que com o plantel que o Sporting tem seria complicado ser-se candidato ou mesmo vencer o tão desejado titulo de campeão nacional, quanto à constituição do plantel temos de apurar ou perceber quem é realmente o responsável, mas Jorge Jesus sempre foi dizendo que o principal objectivo seria lutar e tentar vencer o campeonato nacional!
Mas Jorge Jesus nunca deixou de nos surpreender pela negativa em alguns jogos, jogos principalmente realizados em casa, se podemos dar alguma margem de manobra nos pontos perdidos fora de casa, falo claro do empate no Bessa, onde claramente fomos prejudicados e em Guimarães onde a equipa deu tudo e tentou tudo para vencer o jogo e merecia claramente vence-lo mas não conseguiu, já no jogo frente ao União da Madeira não se podes desculpar essa derrota num terreno de uma equipa claramente fraca, é verdade que o Sporting fez tudo para vencer o jogo mas quem se recorda da atitude da equipa nesse mesmo jogo não se pode esquecer que a equipa do Sporting olhou para o adversário com alguma sobranceria e acabou por pagar bem caro com a perda de três pontos!
Os jogos em casa, onde se exclui o jogo de ontem frente ao Carnide, porque esse é um jogo onde tudo pode acontecer e não se pode falar de justiça porque umas semanas antes o Carnide frente ao Porto merecia claramente vencer e acabou por perder…mas vamos aos pontos perdidos em casa, Paços de Ferreira, um jogo onde se fala em casos de arbitragem que prejudicaram o Sporting, mas e a exibição do Sporting?
Depois temos o Tondela e o Rio Ave, dois jogos onde o Sporting foi claramente uma equipa medíocre e quem será o verdadeiro responsável?
Jorge Jesus é o responsável, é o timoneiro da equipa!
Temos um plantel curto é verdade mas Jorge Jesus é “useiro e vezeiro” em perder vantagens pontuais e gere mal a pressão das suas equipas, ou será que o histórico recente dele como treinador não fala por si?
O Sporting vence a Super-Taça, perde o acesso à Champions, é eliminado da Taça de Portugal e ontem deixa praticamente fugir a possibilidade de voltar a ser campeão nacional e não tenhamos ilusões, o Sporting tem um calendário muito complicado até final e depois tem o contra da moral que ontem o Carnide ganhou em Alvalade, o Sporting ontem não perdeu apenas um jogo, perdeu várias coisas e acredito que os adeptos e sócios com os pés assentes no chão têm a certeza que esta época está perdida e perdida está também uma “fortuna” para pagar um treinador a peso de ouro que apenas o que trouxe ao Sporting foi um Sporting com capacidade de lutar até mais “à frente” na época por títulos!
Mas temos mais responsáveis, porque se Jorge Jesus é responsável pela perda de pontos inesperados na Liga e pela perda de uma vantagem larga, não está sozinho neste rol de responsabilidades!
E vamos ver se acabamos o campeonato em 2ºlugar!
Mas vamos ao outro e neste caso principal responsável.
O Sr. Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho!
Tem esta época o seu ponto alto com a contratação de Jorge Jesus, um autêntico “golpe de mão” ao contratar o actual treinador bi-campeão nacional mas será que pensou nas consequências dessa mesma contratação?
Não deu ao treinador “as unhas” necessárias para que este leão fosse mortífero, o plantel tem várias “brechas” que ao longo da época foram visíveis, mas será que foi Jorge Jesus que cedo percebeu que o Sporting não tinha “bago” para o satisfazer e teve de inventar durante a época?
Depois como encarar o caso da Doyen?

Se o não apuramento para a Champions foi uma grande “facada” na gestão de Bruno de Carvalho, a não ida à Champions é um facto que é “desculpável” porque o nosso presidente não consegue controlar o que se passa dentro dos relvados, mas o caso da Doyen é outra história, foi uma decisão sua e da sua equipa directiva e acabou por pagar bem caro essa decisão?
O Sporting claro e claro toda a estrutura do futebol e consequente construção do plantel ou alguém duvida que o Sporting depois de não se apurar para a Champions e perder o caso com a Doyen ficou mais fragilizado financeiramente?
Basta ver os jogadores que entraram em Dezembro e a necessidade sôfrega de vender e foi-se logo vender Fredy Montero, o avançado colombiano que era muito útil ao plantel e esse facto era bem visível a toda a gente e fica por cá um tal de Teo Gutierrez que nunca se mostrou “comprometido” com o Sporting, quem será o responsável por esta decisão?
Mas vamos falar um pouco do nosso presidente e da sua postura durante esta época!
Uma coisa nunca antes vista e que não é vista pelo menos nos outros dois rivais é um presidente que se exprime através de uma rede social e que quando se exprime falo como presidente do clube, nunca o nosso presidente pensou que esse facto prejudica a sua imagem enquanto líder do clube, esse é um comportamento que só se pode associar ao adepto comum e nunca a um presidente de uma grande instituição como o Sporting Clube de Portugal, se tantas vezes fez “aparições” através dessa mesma rede social, porque ontem após uma derrota e uma noite complicada para toda a nação leonina não fez o nosso presidente uma das suas aparições no Facebook?
E porque é que ontem no final do jogo não agradeceu aos adeptos presidentes no estádio?
Será que o nosso presidente prefere usar o Facebook para a “guerra” com o Carnide?
Por falar nessa “guerra”, o nosso presidente foi também alimentando durante toda a época essa mesma “guerra” e quem acaba sair prejudicado mais uma vez de todo o “folclore” que o nosso presidente foi ajudando a alimentar?
Mais uma vez é o Sporting que sai prejudicado e o nosso presidente tem de “amansar” mais a sua veia de adepto!
O Sporting tem um presidente que veio para o clube e que já fez muita coisa positiva, mas infelizmente tem muito que crescer enquanto líder e presidente!
Agora outro facto que merece toda a nossa atenção, o facto do Sporting esta época não vencer qualquer titulo de relevo, Deus queira que Jesus ainda faça o milagre do nos levar ao titulo de campeão nacional, mas todos sabemos que dificilmente o fará!
Se o Sporting não for campeão a quem temos de apontar o dedo e pedir responsabilidades?
Se o Sporting não for campeão como ficará a “posição” de Jorge Jesus dentro do Sporting?
Se o Sporting não for campeão, será que Bruno de Carvalho vai meter Jorge Jesus a andar?
A “guerra” entre Bruno de Carvalho e Luis Filipe Vieira terá o seu epilogo no final da época e quem sairá “vencedor”?
Vamos ver como termina a passagem de André Carrillo pelo Carnide para depois podermos tecer opinião sobre a “fuga” de Carrillo para a Luz!
Bruno de Carvalho tem de começar a mandar para a frente de combate o seu principal “soldado”, Octávio Machado serve afinal para quê na estrutura do futebol do Sporting?
É só para ocupar lugar no banco e ir de vez em quando à CMTV falar?
Vamos “rezar” para que Jesus faça o milagre de nos levar à conquista do titulo para que esta época 2015-2016 não seja transformado num ano “horribilis”!
Para terminar deixamos uma mensagem a toda a nação leonina:
- Não vamos deixar de apoiar a nossa equipa!
- Deixem-se de medir pilinhas com comentários absurdos que fazem referências ao associar de sportinguismo ao facto de se ser sócio ou não do clube, esses absurdos comentários em nada ajudam o clube, cada um é livre de decidir se é sócio ou não do clube, cada um é livre de opinar sobre o que pensa porque vivemos num País livre e somos todos sportinguistas, o tempo de classificar os sportinguistas como adeptos de primeira e de segunda já terminou…
Viva o Sporting!

23 comentários:

Francisco Crispim disse...

Excelente texto!
Não sou benfiquista nem sportinguista. Nem do futebol - pelo menos do futebol de hoje, negócio-poder-droga. Mas não fugi ao Sporting-Benfica, pelas razões por que o derby é aquilo que o futebol é hoje em dia: palco e cenário de uma boa parte das glórias e misérias de uma civilização que se tornou, ela mesma, tosca, burgessa, competitiva e odiosa como o futebol é atualmente.
Não vi o jogo, mas segui o que ia acontecendo e ouvi os comentários. E, no final de tudo, lembrei-me do bullying perpetrado sobre um homem que, chamado a dirigir a equipa campeã nacional, parecia condenado à maior vergonha da sua vida. Também eu acreditei que o clube que o contratou era areia de mais para a sua camioneta - porque o futebol é o que é: tráfico de informação, negócios e influências, tónico de fanfarrões frustrados à procura de alguém para esmagarem e para não serem esmagados pela tristeza de vida que o futebol lhes ajuda a aceitarem.
E o que aconteceu esta noite foi o ajuste de contas ou a justiça poética para um homem que, sendo educado e honesto como na sua área já não se usa, enfrentou com humildade adversários com os dois piores defeitos dos "bem sucedidos": a soberba e a arrogância. Com a reunião destes dois defeitos, os fanfarrões do sucesso futeboleiro passaram a época futebolística a humilhar o homem, a provocá-lo, a fingir desprezá-lo. E esta noite foi ele quem cantou vitória. Esta noite foi a equipa do visado que ganhou. No final foi Vitória, o Rui, quem ganhou o jogo - tanto quanto foram os fanfarrões que do lado contrário o perderam. Afinal, Rui Vitória pode esta noite ter ganho o campeonato. E bem o merecerá, digo eu. Que mais não seja, para ajudar a levar de regresso aos estádios os adeptos de outros tempos, amantes da arte que é a prática do desporto pelo desporto, pela beleza do desafio que cada desportista faz a si mesmo, jogando e festejando com adversários e não contra inimigos. Com a humildade, a seriedade e a honestidade que fazem dos homens mais do que bichos - no desporto como na Vida.

Anônimo disse...

Ser sportinguista não é fácil... Ser sportinguista é muito difícil... Ser sportinguista não é para qualquer um... É por isso que não é qualquer um que é sportinguista (um verdadeiro, puro, genuíno, resistente, duro, fiel e inquebrável sportinguista, bem entendido…).
Perdemos, custou, e desta vez temos de queixar-nos primeiro de nós, dos nossos erros, dos nossos falhanços inacreditáveis, da incapacidade de alguns dos nossos, a começar por esse jogador que toda a gente adora, um primor de classe humana e técnica que errou de forma clamorosa a dois passos da baliza, e temos de dar mérito ao adversário, ao mesmo adversário do Colo-Colo apitadeiro, ao mesmo adversário que conseguiu condicionar o nosso temido avançado nas últimas jornadas (com ameaças de castigos que nunca mais vêm), ao mesmo adversário que joga com um conjunto de regras próprias (sem penaltis nem expulsões), ao mesmo adversário que compra quase todos os clubes pequenos do nosso campeonato, ao mesmo adversário que paga os salários em atraso para lhe abrirem as perninhas, ao mesmo adversário que compra os melhores jogadores desses mesmos clubes pequenos nos dias anteriores aos jogos, ao mesmo adverário que paga prémios aos clubes pequenos para correrem mais contra nós, ao mesmo adversário que tentar contratar todos os jogadores em que estamos interessados, enfim, esse mesmo adversário tão desonesto e odiado, esse Sport Ladroagem e Bandidagem melhorou desde a primeira volta, tem bons jogadores, tem um bom treinador, e teve mérito na forma como nos derrotou, mesmo que tenha sido com um golo de ressalto, concluído pelo tal grego em que não estavam interessados, em que comunicaram oficialmente não estar interessados, em que “JJ” também não estava especialmente interessado “porque tinha Teo no topo das prioridades”, mas que finalmente nos calou…
É difícil engolir uma derrota contra o SLB (ainda por cima em casa), é difícil ver o nosso capitão expulso depois de o árbitro deixar em campo a “Divina Esfregona Sarrafeira” que pode fazer tudo o que quer porque é proibido expulsar e marcar penaltis contra lampiões, é difícil estar 2 pontos atrás depois de tantas jornadas à frente, mas o campeonato ainda não acabou…
É difícil ser sortinguista mas já tenho muitos anos de sportinguista para saber que os sportinguistas não vão a lado nenhum, os sportinguistas são fiéis, os sportinguistas são persistentes, os verdadeiros não desistem, e a luta pela Justiça, pelo Bem, pela Honra, pela Transparência, pela Equidade, pelo Respeito, pelo que está Certo, tem cada vez mais combatentes, mesmo num dos países mais corruptos da Europa...
É por isso que o Sporting esteve 18 anos sem um campeonato e não ficou um centímetro mais pequeno.
É por isso que o Sporting está há 14 anos sem um campeonato e cada vez o vejo com mais força, com mais poder, com mais adeptos, e com mais sócios convictos do que é Ser Sporting...
É fácil ser de quem ganha sempre, é fácil ser do clube da maioria, é fácil ser do clube da arrogância e da prepotência, do clube de Sócras, de Passos, de Jerónimo, da Marisa (boa anedota), e de Costa, é fácil achincalhar os outros, é fácil tentar transformar as vitórias de um gigante nas suas próprias, para tentar escapar a uma vida difícil, a uma personalidade limitada e insegura, ou apenas para tentar sacar mais uns votos e ganhar mais uma eleições…
O Sporting não é isso. O Sportinguista não é assim.
Aqui há uns 2 anos estava a jantar em Setúbal numa esplanada de Verão quando escutei uma conversa entre pai e filho, ambos com sotaque pronunciadamente tripeiro…
-- Pai, já decidi, quero ser do Spuerting como tu!
-- Tens a certeza? Mas tu dizias que eras do Puerto…
-- Pois, mas agora já decidi: sou do Spuerting!
-- Ah, Ah... Mas olha que ser do Spuerting num é fácil…
-- Sofre-se um bucado, né?
-- Para seres do Spuerting tens de ter o coração fuerte…
-- … (o puto não respondeu, apenas olhou o pai com um misto de temor, admiração, e esperança)…
Viva o Sporting!

Jorge Pessa disse...

Menos bazófia! Mais trabalho!
Menos conversa! Mais trabalho!
Menos arrogância! Mais trabalho!
Menos prosa! Mais trabalho!
Menos prepotência! Mais trabalho!
Menos fanfarronice! Mais trabalho!

Anônimo disse...

Sou um ex-sócio, tive de sair faz agora 3 anos, descontente com o nosso rumo, mas sofro pelo nosso Clube. Com este Presidente e com este treinador temo que essa identidade que falas e nos unia, despareça.

Anônimo disse...

Custa bastante lembrar que não se contratou um Mitroglu porque parece que era importantíssimo poupar 1 ou 2 milhões e para isso andou-se a enrolar a negociação. Entretanto chegou alguém e pagou o que o clube pedia e resolveu o assunto. De seguida, o Sporting que se tinha preocupado e esforçado imenso para poupar 1 ou 2 milhões no Mitroglu (um ponta-de-lança que fazia falta e era fácil de antever que valia uns quantos golos no nosso campeonato) vai e gasta-se 3.5M num Bruno Paulista.
Isto tem pés e cabeça?

Anônimo disse...

Querer ser campeão e partir para a época sem:

1) Ter uma dupla de centrais estável e que dê garantias de maneira a que em Janeiro não seja preciso ir buscar outro porque afinal um ou os dois que havia afinal não valiam o que era preciso e;

2) Ter só um ponta-de-lança no plantel num campeonato como o nosso, se calhar é escasso principalmente naqueles jogos em que se acaba a primeira parte empatado e a jogar contra uma equipa que só defende,

Parecem erros quase primários. E o Sporting comete sistematicamente época-sim época-sim este tipo de erros. Assim não se pode ser campeão. Simplesmente não tem como.

Não sei nem percebo o porquê disto mas parece que falta um certo sentido prático conjunto entre Direcção e equipas técnicas.

Anônimo disse...

Anónimo das 20:34,


O seu post (ou melhor, parte de um comentário colocado num blog aqui ao lado) tem autoria, mas esteja à vontade...

Sportinguista disse...

Anonimo de 6 de março de 2016 20:48

Pedimos desculpa pelo facto mas aqui apenas nos limitamos a publicar os comentários...

Anonimo de 6 de março de 2016 20:46

Ora aí está uma grande verdade!

Anônimo disse...

Pois Sportinguista, a partir do que foi revelado pelas escutas, ficou por exemplo a saber-se que, por alguma razão o Bufas da Costa e isto não é estar a apoiar o método, em plena era Mourinho e com a equipa que tinham, a jogar em casa contra o Estrela da Amadora tinha o arbitro comprado. A primeira coisa que vem à cabeça é: mas que necessidade tinham disso? A questão deve ser vista de outra maneira, é a importância que dão aos jogos contra as equipas pequenas. Porque é ganhando a essas que se ganham campeonatos. Não me parece de todo que o Sporting dê a mesma importância a esses jogos, quando perde pontos contra as equipas pequenas acha que vai recupera-los mais tarde e o fado do campeonato é sempre o mesmo.

Anônimo disse...

A quem pedir responsabilidades? obviamente ao presidente. Mas não é hoje que devemos pedir responsabilidades, uma dia depois de perdermos um jogo, que todos sabemos que podemos perder, porque é um dérbi. devia ter sido há mais tempo, quando o presidente fez algumas burrices, mas nessa altura aqui del'rei, que o presidente é o maior, faz tudo bem, agora queixem-se!

Anônimo disse...

Francisco Crispim vai falar para o caralho
Rui Vitória faz levar aos estádios os amantes da arte do bem jogar futebol??? Mas tu és parvo ou quê? O Benfica fez anti jogo desde o inicio e mais parecia que estava a ver um jogo da distrital tal foi a palhaçada do anti jogo sempre a quebrar o ritmo com um árbitro conivente e jogou atrás do meio campo o jogo todo... Isto só dá dementes

Anônimo disse...

Pedimos responsabilidade a BdC e a JJ evidentemente. Bruno Paulista 3,5 milhões de Euros cabem na cabeça da alguém? E termos ficado com Teo e despachado Montero?
Mas parece que tá tudo bem...

Anônimo disse...

Voces nao sabem o que disem estamos mais fortes que nunca e agora metem culpas mo presidente e no treinador ? Gostava que ontem o sporting ganha se a jogar como jogou o benfica e a ser campeão beneficiado como é o benfica para ver o que disiam! Ainda vamos ser campeões se Deus quiser que quem vençam sejam os melhores porque os melhores temos sido nos! E quando formos quero ver o que escreves no blog e se pedes desculpa pelas criticas! Viva o sporting

SCP444 disse...

A estupidez de quem já dá o campeonato como perdido quando estamos a dois pontos do primeiro lugar é tão grave quanto a estupidez daqueles que já davam o título como certo se tivéssemos ganho ontem. E mais não digo. SL

Anônimo disse...

Anónimo de 6 de março de 2016 20:15

Anônimo Francisco Crispim

Começas dizendo assim: Não sou benfiquista nem sportinguista. Nem do futebol.

Blá blá blá por aí for e a terminar acabas assim:

No final foi Vitória, o Rui, quem ganhou o jogo - tanto quanto foram os fanfarrões que do lado contrário o perderam. Afinal, Rui Vitória pode esta noite ter ganho o campeonato. E bem o merecerá, digo eu. Que mais não seja, para ajudar a levar de regresso aos estádios os adeptos de outros tempos, amantes da arte que é a prática do desporto pelo desporto, pela beleza do desafio etc., etc.

Afinal tanta treta para te assumires lampião do esgoto.
Mas achas que somos todos parvos ou quê?

Vai lá ladrar para o esgoto de carnide porque merda de conversa dessa estamos todos fartos.

PORCA MISÉRIA DASSS..

Anônimo disse...

A doyen encara-se como foi gerida. Tanto que os gestores nas mesmas circunstancias, tomam decisoes similares. Veja so, a questao dos Swaps-contratualizados por empresas publicas, tiveram o mesmo tratamento e agora o tribunal ingles obriga a seu pagamento, este resultado era mais que obvio, mas era preciso ganhar tempo, naquela altura. Portanto....deixe la isso que um dia sera pago. Termino dizendo que nunca fomos tao exigentes com direcao e treinador como neste ano. Porque?

Anônimo disse...

Jesus vai embora no fim da época aconteça o que acontecer. Só não vê quem não quer mesmo ver.

BdC é muito bom numas coisas, mas a sua constante interferência na gestão do futebol é um cancro.

Anônimo disse...

Quando se troca um Montero, somente o nosso melhor avançado a jogar em casa contra equipas que se fecham, por um tal de Barcos. quando antes é melhor contratar um B.Paulista em deterimento de um Mitrogulo. quando se embirra co caso carrilo, ate ele fazer o que fez(nao era no ultimo ano de contrato que se queria renovar)quando no principio da epoca se vai buscar Cianis(jogador sem valor) e um proglomatico, como Gutierres, que nunca acabou a epoca por onde passou , esta tudo dito.Outra coisa foi que nao se perdeu o campeonato no sábado, este jogo ate nem interessava, se tivesse-mos ganho em casa ao P.Ferreira, Tondela , R.Ave, e fora ao U.Madeira, ai sim é que se perdeu o campeonato, e de quem é a culpa?e de quem nao consegue motivar os jogadores para esses jogos, é inademissel fer o Sporting a começar os jogos contra essas equipas com uma grande sobranceira,(devagar e devagarinho)e depois so correm quando as coisa estao complicadas. Eu nao gosto nem um bocadinho do Benfica para mim ate haviam de acabar mas tem que se dar valor porque é nos jogos com os pequenos que eles nao dao hipoteses, o que lhes interessou so ganharem um jogo contra os grandes?eles se forem campeoes foi por ganharem aos pequenos, mas a mentalidade do nosso clube sempre foi e sempre sera quando jogamos em casa com esses clubes penssarem que so as camisolas ganham os jogos. quando e nesses jogos é que se deve ter a mentalidade que se deve jogar como de se fosse o ultimo jogo e que precisava-mos dele para ganhar-mos o campeonato, tem que ser essa a mentalidade da equipa so assim e que se ganham campeonatos.

Anônimo disse...

atrasados de merda...vocês não têm outro nome! como é que se admite que a 9 jornadas do fim e a apenas 2 pontos do slmerda já estejam com esta conversa de pedir responsabilidades? ganhem juizo caralho !

Anônimo disse...

Pede ao pastor CARNEIRO.

Anônimo disse...

E pá o jesus não sabe como perdeu o jogo? Eu não percebo nada de futebol, mas com o Benfica encolhido a defender o 1 a zero nunca substituiria um defesa direito por outro.! Já agr isso não é queimar uma substituição? Ou era para dar mais profundidade? Pq nao meteu outro avançado? Tava com medo? Agr digam.me qual é o treinador que a perder faz uma substituição dessas?

Anônimo disse...

Excelente texto!
só tenho uma pergunta para te fazer...
E no final quando formos campeões de quem é o mérito é teu??
O JJ agora já não é bom foi só quando assinou com o Sporting?? Com outro treinador já estávamos a 20 dos rivais e a lutar pela Uefa com rio aves e paços e esses clubezecos!!
Viva o Sporting e só temos que os apoiar até ao fim caramba e não alimentar a corja de carnide a falar mal de nós próprios!!

Anônimo disse...

Fácil.
Rua com JJ e Rua com BdC que está a retirar a identidade toda ao nosso clube. Muita promessa, muito conflito desnecessário com tudo e com todos do clube e fora dele, muita vitimização bacoca e resultados até agora nada... Não fosse o milagre de Marco Silva na Taça de Portugal do ano passado. Obviamente foi para o olho da rua! O Sporting só estará bem quando BdC for também Treinador, Chefe do Departamento de Futebol, Comentador na TV, Chefe das Claques, etc.
O nosso Clube é o brinquedo do Presidente!
Enfim... Tenhamos ainda esperança no título. Mas a jogar à bola e sem conversas de treta!