ULTIMA HORA: O "General" (Paulo Pereira Cristóvão) da Guarda Pretoriana foi condenado!


Paulo Pereira Cristóvão, antigo dirigente do Sporting, foi suspenso por 15 meses (e pagará ainda uma multa de 3 mil euros) - numa decisão no âmbito do "caso Cardinal" -, de acordo com um comunicado da secção não-profissional do Conselho de Disciplina da FPF.
O Sporting foi ainda multado em 2 mil euros.
Comunicado da FPF na íntegra:
PROCº. Nº. 03/DISC-13/14 - Punir a Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD, com a pena de multa de 2.000 euros, nos termos do disposto no Artº. 61º., n.º.1, do Regulamento Disciplinar; e punir Paulo António Pereira Cristóvão, à data colaborador da mesma SAD, com as penas de 15 (quinze) meses de suspensão e multa de 3.000 euros, nos termos do Artº 61º., n.º 1, ex-vi do Artº. 98º., ambos do citado Regulamento - Considerados notificados em 23/10/2014

Espero agora que o Sporting tome medidas contra este artista e que o mesmo seja expulso de sócio do Sporting e que Bruno de Carvalho mova uma acção contra este artista para que os 2 mil € sejam devolvidos ao Sporting, a este artista só lhe posso dizer que sinto nojo que alguma vez este gajo tenha sido dirigente do Sporting e que o mesmo seja sportinguista!
Eu gostava era de ver o Mustafá e a sua Guarda Pretoriana a agirem contra este "bandido"!

3 comentários:

Anônimo disse...

Ser expulso de sócio não sei, é que pode ser da pior raça mas pelo menos paga quotas e ajuda o clube, o mesmo não se pode dizer de ti...

Sportinguista disse...

Obrigado pela tua resposta mas antes quero ser eu do que ser como este merdas e como tu!

Anônimo disse...

Nada corrupto, igual ao Clube que representa ...