O que se passa na Academia de Alcochete é preocupante!


O "Soldado" Lima e a Dignidade de quem é Valente.
Quanto ao José Lima, quero mandar-lhe mais um abraço solidário, tal como lhe mandei quando recentemente foi vergado em Alcochete pelo Chelsea, já aí eu percebi o destino que o esperava.
O Mister Lima estava na Academia desde o dia 16 de Dezembro de 2006, altura em que substituiu o nosso querido Mister Luis Martins e bateu por 4-0 o Lusitano Futebol Clube no relvado Nº1 de Alcochete, com Hat-Trick do ala canhoto Alison Almeida e um tento do nosso ala direito Bruno Matias. Lembro-me ainda que nesse jogo, jogámos com o Marco Lançacomo Capitão, Jorge Abreu jogou no lugar do lesionado Daniel Carriço, o nosso "8" era o "Cavalão" André Pires (que "motor" tinha este puto) e oAndre Cacito foi suplente utilizado, tal como foi o Sebastião Nogueira.
Em todos estes anos nem uma única vez ouvi o Lima elogiar ou criticar qualquer Presidente ou Administração do Sporting, NUNCA, nem uma única vez. O Lima nunca foi "Franquista", "Jebista", "Godinhista" ou "Brunista", ZERO, ele era Sporting sob Sporting e sobre Sporting.
O Lima nunca apoiou nenhuma figura, para ele só havia o Sporting e era para a instituição que ele trabalhava, não era "seguidor" de nenhum dirigente, nem trabalhava para ninguém, só para o Sporting. Lembro-me que uma vez o critiquei (enquanto treinador) e ele terá dito algo como "hoje estou aqui, amanhã posso já não estar", o que ele quis dizer, foi que nunca estaria agarrado ao lugar, pois como "Treinador" e Homem que é sempre soube que tinha que estar preparado para seguir em frente caso não fosse bem-vindo.
Lima nunca foi um seguidor, um acólito, nem um miserável lambe-botas como alguns "homenzinhos" que por aí andam, o Lima sempre foi um "Soldado" do Sporting, e na hora do adeus, saiu pela porta pequena, logo ele, um Tetra-Campeão Nacional (uma vez pelo Alverca e três pelo Sporting) e que tem quase 30 anos de sócio do "seu" Sporting.
Há semanas ou meses que eu andava a pensar algo, mas nunca o partilhei com o agora ex-Coordenador Técnico Bento Valente. Vinha pensando que ele se estava a "enterrar" no Sporting, pois era a única pessoa na estrutura da Formação com COMPETÊNCIA para legitimamente liderar a sua área, mas, o Bento gradualmente nos últimos 18 meses apercebeu-se de uma coisa, apercebeu-se que ele ironicamente, apesar de ser o mais competente, não tinha grandes "poderes" na Academia, e apercebeu-se que quem estava acima dele não só sabiam MENOS que ele, como não lhe davam ouvidos.
Era uma situação ingrata, um homem competente a ver-se incapaz de aportar competência à estrutura e pior, a ver o seu bom nome e boa reputação profissional a ficarem associados a um catastrófico declínio do sector da Formação Leonina, bem como com situações que ele provavelmente terá considerado pouco éticas.
Há meses que eu pensava, "Bento, demite-te, sai daí que estás a enterrar-te ao seres "solidário" com situações com as quais não concordas". Tantas vezes o pensei que ele acabou mesmo por ter a sensatez e a dignidade de se afastar de algo que não era o que ele sonhava quando em 2013 regressou ao "seu" Sporting.
A Formação do Sporting essencialmente está nas mãos de 4 pessoas, são elas o Director Geral de Formação Virgílio Lopes (já agora, feliz aniversário), o seu fiel "escudeiro" e amigo Francisco Barão que em 15 meses de Alcochete já conseguiu ocupar 3 cargos, ao Psicólogo Miguel Sampaio, e ao treinador dos Iniciados A, Pedro Venâncio. São essencialmente estas 4 pessoas que "controlam" e a meu ver PREJUDICAM o Sporting no seu sector da formação, e TODAS elas entraram porque o actual Presidente do Sporting (o auto-denominado "Empresário de Trampa") assim o quis. O dia em que estas 4 pessoas saírem da Academia, os jogadores da Formação até fazem uma festa, eu bem sei o quanto os jogadores os "adoram".
Durante anos os Sportinguistas queixaram-se da "Troika" Pedro Mil-Homens, Jean Paul Castro, Diogo Matos e Paulo Cardoso, pessoas que NUNCA saiam da estrutura enquanto outros eram despedidos ou eram-lhes apresentados contratos que só podiam recusar, mas os "Troikistas", esses nunca eram despedidos, simplesmente se fosse necessário mudavam de cargos e nunca perdiam as rédeas do poder, protegiam-se e seguravam-se uns aos outros. Curioso.
Nestes 21 meses já foram cometidos TANTOS erros básicos de má gestão dos recursos humanos, da política de contratações, dispensas e renovações de jogadores da Academia, que seria uma lista infindável.
O Sporting ainda este verão dispensou o adjunto dos Bês João Martins (26 anos de idade e 6 anos de experiência na Formação Leonina) para o substituir por Luís Boa Morte, mas isto fez algum sentido do ponto de vista económico ou desportivo?
Este verão o Sporting deixou "fugir" o Treinador Bruno Freitas para o Benfica e manteve ou fortaleceu apostas nos "amigos" Barão e Venâncio. Pobre Mister Freitas, há anos que era dos melhores treinadores no Polo EUL, a caminho dos 40 anos de idade e nem uma oportunidade para assumir uma equipa em Alcochete, isto é que foi boa gestão?
Deixaram "fugir" para o FC Porto o Mister Luís Filipe Gonçalves (Tetra-Campeão Nacional pelo Sporting) que já lidera confortavelmente a tabela no comando dos Sub-15A do FCP.
O Joao Couto Bi-Campeão Nacional pelo Sporting em Juvenis e Campeão Nacional de Juvenis pelo Benfica também não servia melhor que Barões, Venâncios (que esteve 12 anos sem treinar entre 2000 e 2012) e Boas Mortes (que tem 1 ano de experiência a treinar os INFANTIS do Fulham)?
E os nomes que eu sugeri durante o verão, o Bruno Lage não seria melhor que o Barão, e o Luís Nascimento que eu também sugeri à SAD, não seria melhor que o Venâncio (é que nem UMA VEZ o Venâncio lhe ganhou 1 jogo que fosse apesar do Sporting ter os melhores jogadores, já para não falar na DISPARIDADE em experiência)? E os nomes que eu sugeri para o Scouting?
A realidade é esta, andar a vender electrodoméstiscos é uma coisa, mas para "mandar" na Formação do Sporting há que se conhecer minimamente o fenómeno, há que ter conhecimentos básicos de Psicopedagogia para se saber lidar com jovens atletas, e há que conhecer o mercado, há que saber quem são os MELHORES Treinadores, os melhores Psicólogos, os melhores Scouts, etc, e não ir buscar os amigos com quem jogaram à bola ou que andaram a posar para fotografias durante a campanha eleitoral (https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xfa1/v/t1.0-9/10388075_712400442175600_7654559315377677665_n.jpg?oh=fcb92fe916666d2b4c5c145fc4465ac7&oe=54AB5362&__gda__=1420582996_d0169b9345ac0306e219a99426c69d71).
Quanto ao Lima, esteja tranquilo, quem trabalha e conhece esta área, sabe da sua competência, e mais, não é só a competência, é a GRANDE capacidade de trabalho que o Lima tem evidenciado desde os tempos em que era conhecido nos Juniores do Alverca como "A Máquina Infernal". O Mister em breve estará novamente empregado, e mesmo sendo longe do "nosso" Sporting, verá que será mais feliz e desfrutará de um ambiente de trabalho mais "saudável".
Quanto ao Bento, ele teve a valentia para dizer adeus ao sonho de continuar no "nosso" Sporting, mas pode dormir de consciência tranquila e pode olhar-se no espelho sem complexos, pois a sua dignidade exigia-lhe que tomasse uma posição condigna do homem sério que ele é.
Quanto a trabalho, há uns que quando saírem da Academia coitados, vão ter que andar pelos hotéis a tentar vender frigoríficos, enquanto o Bento, sabe que terá à sua espera propostas de Clubes (Nacionais e Internacionais) e Agências de Intermediação desportiva, pois toda a gente nesta indústria sabe quem é o Bento Valente. Já o Virgílio e o Barão, coitados, só o meu barbeiro é que se lembra deles, e refere-se a eles como "os piores jogadores do Sporting no Século XX".
"A adopção de uma política de Recursos Humanos assente na meritocracia, com definição de objectivos e avaliação em conformidade"
SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, a 30 de Junho de 2013.
Saudações Leoninas.
VIVA O SPORTING!!!

11 comentários:

Anônimo disse...

Já vão tarde...rua com o cão!
O meu irmão foi dispensado este ano dos juniores a papo seco quando chegou do torneio da China....porque o sr. Valente mandou vir 2 baldes de não sei de onde...só estava no SCP desde os 8 anos....este Sr tinha a mania de ir ao balneário ralhar com os jogadores....vergonha. rUa

Claudio Oliveira disse...

é uma vergonha este texto!!!
o venâncio tem demonstrado ser um excelente treinador!
o lima nunca fez um jogador! as equipas do lima são uma verdadeira trampa!!
deves ter ficado sem tacho para falares assim

Sportinguista disse...

Claudio Oliveira deves ter percebido que este texto não foi escrito por mim ou não?
No final do texto tem a fonte de autoria do mesmo!

Anônimo disse...

"O Lima nunca fez um jogador"... Grand falácia!

Sportinguista disse...

Qual é a falácia?

Anônimo disse...

O texto está bem escrito e mete o dedo na ferida. Apesar de todo o bom trabalho desenvolvido por esta direcção, não se pode tapar o sol com a peneira e pensar que a formação está a seguir o melhor caminho. A verdade é que o Virgílio (apesar de ser um grande Sportinguista) não tem capacidade nem competência, para desempenhar as funções que ocupa. Apesar do forte desinvestimento que houve (infelizmente era necessário que assim fosse) era absolutamente vital que isso fosse compensado com trabalho de pessoas que soubessem o que faziam.

Anônimo disse...

O Lima formou uma porrada de jogadores que chegaram a profissionais de primeira divisão, inclusive a jogar no Sporting, como por exemplo o Daniel Carriço, o Rui e o Pereirinha, entre muitos outros.

Quando se diz convém saber do que se fala.

Anônimo disse...

Lima não é treinador para o Sporting.
Basta vêr o exemplo do Serrano um jogador que não tem a minima hipotese de chegar a equipa A, foi promovido a capitão e praticamente tem os minutos todos. Não devia apostar no Empis, ou ate no miudo dos Sub17 Abdu Conté (estes 2 miudos podem chegar aos A).
Até o Bruno Wilson o Jose correia etc...ja não jogam nada.
A equipa de juniores não joga rigorosamente nada. Moral da historia (mister lima fresco).
Zé nunes!!!!

Anônimo disse...

A culpa pode ser um pouco de tudo,mas é principalmente de um factor que muitos ainda não se aperceberam de que os outros dois clubes dos chamados grandes nunca se importaram muito com a formação com isso tivemos sempre todo o espaço para recrutamento.Agora que já chegaram à conclusão que não podem continuar a contratar como o faziam antes, tiveram que se virar para a formação e sabendo-se como se sabe como normalmente trabalham (não olham aos meios para atingirem o que pretendem) começaram a aliciar jogadores,pais e empresários com números impossíveis de combater,por isso o clube tinha duas opções ou pagava o mesmo a jogadores e treinadores (sim tb aliciaram treinadores) ou não pagava e deixava-os ir embora como alguns o fizeram.A solução encontrada para mim a melhor é a que foi seguida a de ir buscar fora jovens fora do país já meios feitos.O resto é tudo treta de jornais e de pessoas que não querem ou não sabem pensar e é tudo fácil pondo as culpas na direcção ou no presidente do clube.Aquilo que aparentemente muitos vêm será que a direcção do clube não vê?

Anônimo disse...

Em jeito de disclaimer digo já que acho que o Sporting não precisa de Academia para nada. O Sporting sempre formou grandes jogadores e que se saiba, não há relação directa entre a qualidade nata de de um jogador e uma Academia. Alem de que a Academia é um terreno fértil para o florescimento de interesses. Foi assim desde o inicio e provavelmente vai continuar a ser independentemente de quem venha a estar à frente do clube.

Pelo que se lê no post, dá ideia que algumas pessoas se decidiram lembrar da Academia... agora!? Mas será que já se esqueceram o que tem acontecido por ali? Desde os esquemas do lampião Mil-Homens que através da empresa que detinha explorava miúdos do FMH e em simultâneo o Sporting, desde haverem representantes de jogadores a circularem livremente por ali a dentro (mas o que é isto???). Chegou-se até ao ponto de estar a abécula do Pedro C. Ferreira à frente da Academia. Estas aberrações só confirmam que a Academia cada vez faz é menos sentido.

Anônimo disse...

Faz-me confusão o caso do treinador que saiu para o Carnidense, "e que a caminho dos 40 anos nunca teve uma oportunidade". Pelo que está escrito fica-se sem entender muito bem a situação e não se percebe exactamente o propósito de quem escreveu isto.

Toda a gente sabe que em Portugal para se chegar a treinador de um escalão mais importante é "requisito" praticamente obrigatório ter sido jogador, e jogador de primeira divisão. Por muito estúpido que seja o funcionamento, a verdade é que é assim e portanto as pessoas não podem dizer que não conhecem as regras do jogo, especialmente quem já conhece o meio à tempo suficiente.

Sobre a "oportunidade" que não teve e ter ido para o Carnide. Mas... foi treinar a equipa principal?? Não é de crer. Então foi porquê? Já agora convinha contarem tudo.

E pelo que acto que teve, ainda bem que nunca lhe deram a tal "oportunidade".