A entrevista de Marcos Rojo só prova que com o Sporting ninguém brinca!



Então já treina de novo amanhã!
Desmentiu as notícias que diziam que se tinha quase envolvido num confronto físico com o presidente e esta entrevista só vem provar uma coisa:
- O Sporting tem um líder, esse líder é o nosso presidente e com ele não brincam e muito menos brincam com o Sporting, de certeza que foi aconselhado a pedir desculpas ao clube, aos sócios e aos adeptos!
Esta entrevista deixa também a entender que o jogador está de saída do clube e não quis sair a mal com o clube e com os sócios e adeptos!
Basta relembrar esta frase: "…que seja bom para mim e para o clube..."
E entendo esta entrevista, como palavras forçadas de quem quer sair!
Era muito bom que ficasse mas não acredito, agora falta Slimani pedir desculpa!

11 comentários:

Anônimo disse...

Não, havia de confirmar que quase tinha andado a porrada com o presidente... Ficava cá com uma imagem... Mas de resto adorei o pulso firme do Bruno, vamos ver se o slimani também pede desculpa.

Anônimo disse...

Só para perceber: O Rudolfo Reis na SIC Noticias estava a falar por ele, como portista ou pelo fundo da DOYEN onde deve estar metido??

Anônimo disse...

Claro q é pelo fundo, já q todos percebemos o q se joga no início de um campeonato depois dos inveztimentos de risco: depenar a águia, cortar as unhas ao leão e pretensamente gozar q são os maiores. Máfia de m#%$!'

Anônimo disse...

O pulso firme do Sporting/Bruno de Carvalho ver-se-ia se o jogador fosse obrigado a treinar sozinho ou com a equipa B, por alguns meses. Assim, sim, poderiam afirmar que com o Sporting não se brinca. Aquilo a que se assistiu foi uma vitória do jogador, que vai conseguir a saída que pretende e prestou-se ao papel de arrependido para salvar a cara aos dirigentes do Sporting. Enfim, é a vida.....

Anônimo disse...

Caro anonimo das 12:22. Já agora a Doyen controla os deputados da assembleia, o CJ da FPF, o Vaticano, e a equipa de sub-15 do Olivais e Moscavide.

Haja pachorra. É senso comum que todos os clubes trabalham com fundos. Uns melhores outros piores. A Doyen defende os seus interesses, e para todos os efeitos pagou Rojo certo? E já agora, não foi BdC que durante a campanha referiu até nas entrevistas que tinha um fundo de jogadores como parceiro? É melhor que a Doyen? Ou dá comissões a outras pessoas?

E quem é o empresário que tratou de todas as transferências do Sporting? Quem é? Uma dica, não é da Doyen.

Anônimo disse...

Lembra-me a entrevista de Cardozo à BTV. Disse o mesmo. Disse aquilo que lhe disseram para dizer. Quem acredita o contrário é muita otário.

Anônimo disse...

Sim o que interessa é o grande líder. Que se foda o empate em Coimbra e a equipa de futebol!

Sportinguista disse...

Anonimo das 17.51 a resposta ao teu comentário está uns posts mais abaixo!

Anônimo disse...

A lenga-lenga do anónimo das 17:51 desafia-lhe a própria lógica. Esta-se mesmo a ver que durante 17 anos o que o preocupou mais foram mesmo os resultados.

Anônimo disse...

ó cabrão das 17:51, não há mais vida pra'lem da pandilha?

Anônimo disse...

"Já agora a Doyen controla os deputados da assembleia, o CJ da FPF, o Vaticano, e a equipa de sub-15 do Olivais e Moscavide."

Nem sei nem me interessa. Jogadores do Sporting é que de certeza não convém controlar.