Falam de King (paz à sua alma)...mas o verdadeiro Rei faleceu em 1978!


Fartei-me de ouvir dizer durante estes dias que faleceu o maior símbolo do desporto e do futebol nacional…memória de gente de merda, deixo um pouco da história do verdadeiro rei do futebol português até ao momento…

Fernando Peyroteo estreou-se com a camisola do Sporting em 12 de Setembro de 1937 num Torneio no Campo das Salésias defrontando o Benfica (Taça Preparação), jogo que venceu por 5-3 com 2 golos de sua autoria. Peyroteo realizou 393 jogos com a camisola «leonina» (1937-1949) tendo marcado 635 golos (média de 1,61 por jogo) e ao longo da carreira disputou 432 jogos marcando 700 golos (1,62 por jogo).
Os seus 43 golos apontados no campeonato nacional de 1947/48 só vieram a ser ultrapassados por outro sportinguista: Hector Yazalde que em 1973/74 marcou 46 golos.
É difícil escolher a tarde de maior glória de Peyroteo, tantas foram elas com a camisola do Sporting.
Peyroteo terminou a sua carreira aos 31 anos e faleceu, vítima de ataque cardíaco, em 28 de Novembro de 1978 com apenas 60 anos de idade.
Títulos: 10 (5 Campeonatos, 1 Campeonato de Portugal e 4 Taças de Portugal).
Internacionalizações: 20 (14 golos).
De entre os variadíssimos recordes de Peyroteo destaco apenas seis deles que ainda hoje se mantêm:
1º - O jogador português que mais golos marcou na história do Campeonato Nacional: 331 golos.
2º - O jogador português que mais golos marcou num só jogo em campeonatos nacionais: 9 golos contra o Leça em 22 de fevereiro de 1942, que o Sporting venceu por 14-0.
3º - O jogador português que mais golos consecutivos num só jogo para campeonatos nacionais: 5 golos ao Vitória de Guimarães em 8 de fevereiro de 1942.
4º - O jogador com melhor média de golos marcados pela selecção de Portugal: 14 golos marcados em 20 jogos (média de 0,7 por jogo).
5º - O jogador com mais golos marcados ao Benfica: 64 golos em 55 jogos (média de 1,2 por jogo).
6º - O jogador com mais golos marcados ao F.C.Porto: 33 golos em 32 jogos (média de 1,02 por jogo).

Peyroteo foi o maior goleador da história do futebol português e provavelmente mundial, com uma média de 1,6 golos por jogo, que torna os seus feitos inigualáveis e todos os adjectivos que possamos encontrar para qualificar este portentoso avançado, serão insuficientes para que se perceba a sua dimensão.
Infelizmente nunca foi dada a justificada relevância ao que merecia ser considerado como o melhor jogador português de todos os tempos, principalmente se compararmos com o que fizeram em relação a outros, embora para isso também tenha contribuído a época distante em que Peyroteo viveu, numa altura em que ainda não existiam as competições europeias, e em que a 2ª Guerra Mundial interrompeu os torneios entre Selecções.

4 comentários:

Paulo Costa disse...

Se Peyroteo fosse do Benfica é obvio que tinha uma popularidade gigantesca.. Mas como era do Sporting enfim.. Aqui se prova que o mal que querem ao Sporting ja vem de muitos anos atrás

Anônimo disse...

Por momentos até pensei que tinhas sido tu a escrever este lindo texto, mas por desconfiar da tua capacidade mental fui procurar e vi que tinhas ido copiar à SportingWiki (sem a devida referência)...

O que está aí escrito é tudo verdade mas uma coisa é certa, Eusébio colocou Portugal no mapa e deu a conhecer o país a todo o mundo. Foi considerado o 8º melhor jogador do século XX e prova disso foi a homenagem prestada em todo o Mundo.

PS. Sou do Sporting, e antes que mandes um comentário a duvidar de mim só me basta dizer que sou sócio e tenho gamebox desde que o estádio foi construído...

Paulo Agostinho disse...

Concordo plenamente.
2 coisas:
1 - o clube de carnide sempre teve sabedoria para se mexer ao nivel de marketing, quanto a mim uma pecha no Sporting e que deveria ser aproveitada.
2 - Infelizmente muitos portinguistas parecem não só não ter alma verde como ainda por cima falta de vista e eles proprios dizem que o eusebio é o rei... quando temos, para variae, sempre muito melhor que goleadores que cujos golos eram off side e de penalties inventados...
faço minhas as palavras do presidente, ha sportinguistas que não ajudam e acrescento o pior enimigo do sporting sempre foram alguns sportinguistas. SL

Anônimo disse...

Ainda recentemente um locotor, durante um desafio, igualou a sua jogada às de Messi. A propria imprensa, faz deles idolos. Foi bom jogador, marcou muitos golos etc.etc. Mas é merecedor de estar no Panteão Nacional? é do Bemfica, pois.
Aristides Sousa Martins não o merecia? Oliveira Martins, portugues
Nobel da Medicina, não o merecia? e tantos, tantos outros. Dou opinião, que a coisa é histeria colectivo Benfiquista.
Não seria mais interessante, ficar o corpo na capela do ~Estádio da Luz? Ali receberia as homenagens de que o adora. Considero mesmo ridiculo a sua presente no Panteão Nacional.