Alguém que pare Godinho Lopes e rápido...750 mil euros?


Vender Daniel Carriço por 750 mil euros pode-se classificar de quê?
Agora vão aparecer os inteligentes a dizer que eu passava o tempo a critica-lo porque não tinha qualidade para jogar no Sporting, já Matias Fernandez eu critiquei e este foi "vendado"...que vergonha meu Deus!
Daniel Carriço é pior que Rojo ou Boulahrouz?
Já nem sei mas parece-me que não!
O Sporting está a saque e muita gente teima em não aceitar esse facto!
E não me venham com a desculpa de poder sair a custo zero...estes "gestores da piça" deviam ter acautelado essa questão atempadamente e não o fizeram!
Ainda vão dizer que ele não renovou ou que saiu do Sporting por causa dos adeptos!
Agora quero ver este negócio...Miguel Lopes e Kadu?
Fucile ainda aceito mas quero ver os números deste negócio!
Não percebo este "fetiche" em vender jogadores ao FCPorto e que depois de serem "mal amados" em Alvalade chegam "lá acima" e é aquilo que sabemos...Izmailov vai ser outro que nos vai deixar mais amargos de boca tal como Moutinho (que grande golo ontem)...estes "Croquettes" voltam a mostrar a "vassalagem" que estão a prestar ao Pinto da Costa mas alguém acredita que o Pinto da Costa vinha buscar o Izmailov se ele estivesse "podre" como alguns dizem?
Eu ainda não percebi o que é preciso para os sportinguistas todos unidos se revoltarem contra isto!?

Um pedido para 2013....GODINHO RUA!


E assim terminou o ano de 2012...uma vergonha sem qualquer tipo de desculpa para quem dirige os destinos do clube...já para não falar no que está para trás da época anterior...salvou-se uma ida às meias-finais da Liga Europa...do resto nem vale a pena falar!
Prejuízos não houve, futebol tivemos de grande nível, casos de "policia" não existiram e por aí fora!
Virámos o ano em 10ºlugar na Liga, estamos afastados de todas as restantes provas e ainda existe gente que apela à união e que se calem as criticas?
Mas há alguma coisa para apoiar nesta direcção?
A vontade dos sportinguistas é mais que evidente...
Ora mais uma que não foi "afinada"...os 17% ou quem está a favor da continuidade que se explique ou se cale para sempre!
Eu sei o que aí vem...soluções?
Soluções não tivemos desde de Março de 2011!
Só tivemos aldrabices, vergonhas atrás de vergonhas e o afastamento em "definitivo" dos grandes do futebol português!
Será que ainda não fomos suficientemente "toureados" por este presidente para ainda lhe darmos mais tempo dentro do clube?
Porque é por demais evidente que a vontade da grande maioria é esta...
Desejo um feliz ano de 2013 a toda a família leonina e esperemos que o ano de 2013 seja o ano definitivo da viragem e que o Sporting volte a entrar no caminho de onde esta gente o tirou nestes últimos 16 anos!

A voz do adepto leonino - "O destino do Sporting está traçado..."


“Começo a não ter muitas duvidas, que o grande Sporting esta à beira da extinção.
Vive-se uma total anarquia dentro de um regime que não tem destino somente a automutilação por parte dos mesmos que governam os destinos e até de ex- figuras e adeptos com alguma importância na sociedade Portuguesa.
Com tantos ataques internos não precisa o próprio Sporting de ter adversários porque a automutilação esta a propagar-se.
O Sporting está sem dúvida nenhuma à beira do precipício e a ser empurrado pelos próprios adeptos uns mais amantes que outros mas o nome deste clube cada vez sai mais manchado, já tudo vale dizer.
Zangam-se as comadres sabem-se logo as verdades.
Nos próprios blogs verifica-se um desejo árduo de mudança de rumo pedem-se cabeças a Inquisição chegou a Alvalade, vão rolar cabeças acredito que sim mas a primeira a rolar é a cabeça do Leão, que já não aguenta tantas cabeças pensadoras e criticas a tudo o que mecha em Alvalade.
Em campo assisto as evidências uma equipa sem identidade sem rumo e entregue a si própria. Jogadores que a época passada até fizeram um ano razoável este ano parece uma equipa de solteiros e casados sem rei nem rock.
A falta de respeito pelo clube abunda um bocado por toda a parte são os sócios, adeptos, administrações e ex-administradores, figuras da sociedade sportinguista, comunicação social, arbitragem…
Todos por um objetivo…empurrar o bom nome do clube para a sargeta.
Após o despedimento de Domingos estava como condenado Godinho Lopes a um destino bem cruel, destino que fora poucos meses antes vergonhosamente (mais uma vez para o bom nome do clube exposto) a umas eleições que trouxeram a praça publica um resultado eleitoral muito duvidoso.
O Sporting é um estado dentro do estado, vários partidos se movem dentro para conseguir um trono que agora sim para um verdadeiro REINO DA SELVAJARIA, em que vale tudo.
AUTOMUTILAÇÃO, A PESTE NEGRA ASSOLA AGORA O REINO DO LEÃO VAMOS VER QUANTOS MESES VAI DURAR.
Se se mudar o destino (presidente) tenho a certeza que será a ultima hipótese de sobrevivência…
PORQUE SENÃO RESULTAR…O LEÃO E O CLUBE MORRE…
MEU QUERIDO SPORTING DO MEU QUERIDO PORTUGAL AO QUE TU CHEGASTE…
Paulo Nogueira”

A fuga do corajoso (cobarde Gnomo) "toureiro" em Vila do Conde


“Quase todos os jogadores foram muito assobiados. As exceções foram Rui Patrício, Rinaudo (atual capitão) e Capel.
Vercauteren também não escapou à contestação dos adeptos.

As palavras de ordem mais ouvidas foram «palhaços joguem à bola» «vocês são uma vergonha» ou «o Sporting somos nós».
Nada disto foi ouvido por Godinho Lopes, que se esquivou ao contacto com os adeptos, saindo pela porta por onde saíram os jogadores do Rio Ave.”

O Toureiro corajoso volta a fugir dos adeptos e depois vem dizer que fala com todos os sportinguistas mas se calhar estes eram encapuzados e ele não fala com encapuzados e como hoje ouvimos “olés” em Vila do Conde se calhar tinha alguma “faena” marcada e teve se sair a correr…filho da puta!

É este o líder que temos que foge dos adeptos do seu clube e sai pela porta da equipa adversária?

É este o líder que diz publicamente nas televisões que olha os adeptos nos olhos?
É mesmo um grande toureiro mas só consegue passar o “farrapo encarnado” pelos olhos dos que não querem ver e que o apoiam…esses não são sportinguistas…são os mansos que estão a ajudar a destruir o clube!
Este Godinho Lopes faz lembrar o nosso governo, sem rumo, sem ideias, sem argumentos e apoiado por gente que defende o que está mal feito e à vista de todos!
O problema continua e quem apoia não tem mais onde se apoiar para defender este caos, apoiam-se nas ofensas e nada mais…eu desafio todos os que defendem esta actual direcção a apresentarem os factos que têm para se apoiarem para defender este Gnomo mas aviso que não vale falar de ser associado ou não, não vale dizer que vai ao estádio ou não, porque esses mesmos argumentos não são sustentáveis para mudar o rumo da mediocridade que o Gnomo instalou no Sporting!

Rio Ave 3 - Sporting 0...Demite-te Gnomo Javardo!



SPORTING: Rui Patrício, Cedric Soares, Marcos Rojo, Xandão, Ínsua, Rinaudo, Adrien, Ricardo Esgaio, Jeffrén, Carrillo e Wolfswinkel
AO INTERVALO: 0-0
1-0 Obadeyi aos 54 min.
2-0 Tarantini aos 64 min.
3-0 Hassan aos 90 min.
Se tem sido mau até agora, nada mudou depois do Pai Natal ter passado pelo mundo…o Sporting continua na merda e a jogar pouco ou mesmo nada!
Vou começar pelo final da primeira parte e pela expulsão de Dier, se muitos árbitros em lances destes mostram amarelo, penso que seria a melhor apreciação que o arbitro poderia ter feito, mostrava amarelo e não estragava o jogo mas se analisarmos bem o lance iremos ver que Dier joga primeiro a bola e depois não consegue evitar o choque com o adversário mas por outro lado penso que foi imprudente na abordagem do lance e no local do campo onde foi devia ter tido mais calma…e ainda só vamos em Dezembro e já temos 7 vermelhos esta época, só mesmo equipas fracas têm este tipo de disciplina!
Vou agora fazer a minha análise ao jogo, o Sporting apenas por duas vezes criou perigo para a baliza do Rio Ave e mesmo essas duas ocasiões são esporádicas porque o nunca foi capaz de criar um lance com princípio meio e fim…mas isso já é um hábito deste mais competitivo plantel dos últimos 10 anos…dizem!
Ainda tenho de perguntar a alguém mais entendido que eu porque é o “Vende-Cautelas” deixa o Capel no banco e insiste no Jeffrén, pronto o Jeffrén enviou uma bola ao poste e fez o cruzamento para o remate do Esgaio e de resto o que se viu…é uma nulidade!
Carrillo, Insua e Adrien a bola até lhes “picava” os pés e Rojo parece um defesa central de manteiga, vê-se um Rinaudo a correr de um lado para o outro, mais parece um “pronto-socorro” e de resto é só merda…os jogadores do Sporting quando têm a bola não sabem o que fazer à mesma!
Reparem nas ocasiões que Wolfswinkel teve durante a 1ªparte para rematar à baliza dos vila-condenses…nem uma, a bola não lhe chega, então não é sinal de desorganização, falta de fio de jogo e falta de agressividade desta fraquíssima equipa do Sporting?
Vale a pena contabilizar as oportunidades de golo do Rio Ave e as defesas salvadoras de Rui Patricio que evitaram que este fraco Sporting chegasse ao intervalo a perder?
Contabilizem o número de remates do “colosso” Rio Ave e os do Sporting…
Se por acaso estiver enganado nesta minha analise apelo a quem tem outra visão do jogo que me corrija mas infelizmente foi o que vi na 1ªparte!
Não vale usar o argumento do não critiques e do vamos apoiar e vai ao estádio e faz-te sócio, porque esses argumentos não mudam a mediocridade que é esta equipa do Sporting e não vale usar a palavra “soluções”, porque essas quem tem de as ter é quem está a dirigir o clube!
Já sei, o que fez com que o Sporting esteja a jogar a este nível medíocre é o facto de Cedric se ter lesionado, será?

Analisar a 2ªparte é estar a martirizar o cérebro e estar a dizer aos “agoniantes lambuças” mais umas verdades sobre este miserável Sporting que defendem!
É verdade que entrámos para a 2ªparte com menos uma unidade contra o Rio Ave e atenção não estamos a falar de uma equipa qualquer, estamos a falar do actual 5ºclassificado do campeonato e do qual estamos a 6 pontos, então natural seria perdermos este jogo e estarmos praticamente afastados da Taça da Liga, só mantemos alguma esperança se por acaso Paços de Ferreira não ganhar amanhã ao Marítimo e o resultado desse jogo que mais serve ao Sporting é mesmo o empate…mas atenção que neste grupo do Sporting temos o Paços de Ferreira outro dos “colossos” do futebol português que neste momento ocupa o 4ºlugar da Liga com 7 pontos de vantagem sobre o Sporting…assim sendo e perante este Sporting tão fraco não devemos estar para aqui com criticas porque defrontar estes adversários que neste momento não são do “campeonato” do Sporting não se podia exigir mais!
O resultado deste jogo acaba por ser justíssimo e não fosse Rui Patricio e estaríamos a falar de uma goleada neste jogo, pelo que contei foram pelo menos oito defesas de nível muito difícil e o guarda-redes do Rio Ave nem uma defesa teve de efectuar!
Claro que não podemos culpar Godinho Lopes, o Gnomo, pelo que acontece no futebol do Sporting, não é ele que contrata os jogadores mas foi ele que formou a equipa que contratou os jogadores, não é o Gnomo que treina mas foi ele que contratou o “Vende-Cautelas”, quem tem a culpa do prejuízo na SAD e desta vergonhosa época sou eu…sim eu sei que sou eu, eu é que tenho de apresentar soluções, eu que sou o presidente mas a pergunta que deixo a quem me ofende e a quem me pergunta que soluções eu tenho para ajudar a resolver o que se passa no Sporting é se o Gnomo já não fez que chegue para nos envergonhar?
Continuem com as ofensas e a pedirem-me soluções que o Gnomo e seus pares vão continuar a destruir o nosso clube!
Vamos olhar para o futuro diz o Gnomo…

A "guerra" dos "Lambuças" vs "Brunecos" não ajuda o Sporting!


Desde de Março de 2011 que anda na boca de muitos sportinguistas duas expressões que a mim muito me chocam mas que ao mesmo tempo me fazem identificar com uma dessas expressões, falo dos “Brunecos” e dos “Lambuças”!
Se antes das eleições havia os “terroristas”, esses “terroristas” que José Eduardo Bettencourt até então pior presidente da história do clube apelidou os adeptos que se insurgiam contra o estado do clube naquela altura, penso eu que esses mesmos “terroristas” agora sejam aquilo a que os “Lambuças” chamam de “Brunecos”!
Ora se estar ou se alguém se apresenta contra o actual estado do clube é um “Bruneco” e se alguém se cala ou defende este presidente é um “Lambuças”…dizem os “guerrilheiros” de cada lado das “barricadas”, então mas no final são todos do Sporting não é?
Eu pessoalmente ainda não percebi porque se apelidam as pessoas de tal denominações, eu próprio sou apelidado de “Bruneco” e uso a expressão “Lambuças” para identificar alguém que defende esta direcção e este presidente mas sei de antemão que a outra pessoa também é do Sporting, então cheguei à seguinte conclusão:
- Pelo que tenho visto nos últimos 19 meses é que eu sou do Sporting tal como os outros a quem eu apelido de “Lambuças”, só que existe uma diferença bem grande entre quem é “Lambuças” e quem é “Bruneco”, uns dizem “yes-man” a tudo o que se passa no Sporting e o argumento que usam é sempre o de ser sócio, o da subida das assistências no estádio e agora não me lembro assim de mais nada de relevante e positivo para dar realce ao trabalho desta direcção mas enquanto “Bruneco” como me apelidam a mim e muitos, nós apoiamos os nossos argumentos nos factos que estão à vista de todos, desde a má época passada que ainda assim deixou algum espaço de manobra à actual direcção mas que depois destes meses desde o inicio da época que deixaram de existir argumentos por parte dos “Lambuças” para rebater os factos que estão à vista de todos os sportinguistas…ou será que não?
Já não vale a pena estarmos a falar de assuntos como por exemplo os tais 100 milhões de €, do dinheiro das bombas de gasolina, do prejuízo alcançado nestes últimos 19 meses mas sim temos de debater o que será melhor para o clube:
- Novas eleições sim ou não?
Se acham que novas eleições não resolvem os problemas do clube, então como acham que o actual presidente conseguirá dar a volta ao texto já na próxima época?
Imaginem que o Sporting não se apura para as competições europeias…pensem!
Aqui não se trata de apoiar ou não este presidente ou ter apoiado outro candidato nas eleições, trata-se sim de apoiar o renascimento do Sporting, porque já percebeu que o caminho não é este e que organização não faz parte do vocabulário desta direcção, as constantes mudanças falam por si, vejam só as questões das entradas e saídas de pessoas na estrutura, a mais que provável saída de um “punhado” de jogadores neste mercado de Inverno…
Falando agora de soluções, eu não as tenho, não sou candidato a presidente, alias nem estamos em campanhas eleitorais, quem tem de ter as soluções é quem está na “cadeira de sonho” e até agora nada de soluções para o bom caminho ou para o renascimento do clube…só se tem visto o clube a entrar cada vez por caminhos sinuosos!
Também não sei se será Bruno de Carvalho a solução, aliás nunca o disse, não apoio nomes, apoio o Sporting, quero lá saber se o presidente é o Xico das Couves ou o Zé Colmeia, o que quero é o Sporting de volta ao lugar que merece por direito!
Deixem-se de “historinhas” dos “Brunecos” e dos “Lambuças” e vamos debater o que será deste Sporting se continuar este caminho…
Onde está o Torneio Green?
Onde está a pintura das cadeiras de verde do AlvaladeXXI?
Quando será a eliminação do fosso do AlvaladeXXI?
Estamos a acabar 2012 e arranque do novo pavilhão será em 2013…será que vai mesmo?
Quanto dinheiro já entrou nos cofres do clube vindos das bombas de gasolina?
A culpa do caso Paulo Pereira Cristóvão é dos “Brunecos”?
O prejuízo da SAD destes últimos 19 meses é culpa dos “Brunecos”?
A derrota na final da Taça de Portugal do ano passado é culpa dos “Brunecos”?
A actual prestação da equipa de futebol nesta época é culpa dos “Brunecos”?
O tempo que demorou a contratar um treinador para render Oceano é culpa dos “Brunecos”?
Treinador esse que não veio para render Oceano mas sim para auxiliar o Oceano até final da época…vamos ver é se chega ao final da época…
Mas foi o actual presidente que falou durante a campanha que o Sporting iria ter um treinador da escola espanhola, italiana ou mesmo holandesa mas como não se concretizou a culpa é dos “Brunecos”?
Os seguranças de Godinho Lopes são pagos por quem?
O caso do “espianço” aos jogadores é culpa dos “Brunecos”?
A culpa da vergonha que passámos por causa das imagens nos tuneis que estavam autorizadas pela UEFA e que depois se veio a confirmar que afinal não estavam é culpa dos “Brunecos”?
A entrada de Paulo Farinha Alves para o futebol do Sporting, quando o mesmo de futebol percebe zero e experiência no campo desportivo é zero, é culpa dos “Brunecos”?
A promoção de PCF a director da Academia do Sporting, quando este senhor chegou ao Sporting não sabemos como (ou se calhar sabemos) e de repente a sua “carreira” tem a ascensão que está à vista de todos, é culpa dos “Brunecos”?
Estarmos ainda a pagar o ordenado a Domingos Paciêcia é culpa dos “Brunecos”?
As dúvidas sobre o negócio da venda de Yannick Djaló é culpa dos “Brunecos”?
A não entrada de investimento externo é culpa dos “Brunecos”?
Os piores resultados financeiros de sempre são culpa dos “Brunecos”?
Eu apelo a que façam uma introspeção interna e pessoal e pensem quem é o culpado principal do estado que se encontra o clube e o futebol do clube!
Os culpados são os sportinguistas, sim esses mesmo, sejam eles denominados de “Brunecos” ou “Lambuças”, vamos elevar o nome do clube e vamos debater o que achamos ser o melhor para o nosso clube!
Eu que neste momento não sou sócio mas fui-o durante mais de 30 anos por tradição na família, já que o meu pai é sócio há mais de 50 anos e o meu falecido avô paterno também o foi durante décadas!
Mas não é por não ser sócio que sou menos sportinguista que aqueles que o são, somos todos sportinguistas e apelo aqueles que ainda passam “paninhos quentes” sobre o actual estado do clube é que acordem para a vida e se viveram o Sporting da mítica Porta 10-A, onde muitas vezes se resolveram problemas do clube e onde a união da família sportinguista era a força do nosso clube, pensem no estado do clube e vamos “arrancar” o Sporting deste “colete de forças” da mediocridade e todos juntos vamos mostrar a nossa força!
Viva o Sporting!

Qual é a "recriação" que se vai fazer no plantel Sr. Presidente e Sr. Manager?



Depois da camioneta de contratações da época passada e mais as contratações desta época, chega-se a Janeiro e vai de fazer uma limpeza…limpeza essa que tenho a certeza que nos vai “custar caro”…não faz mal o dinheiro das bombas de gasolina chegam para tudo e esta “limpeza” só vem mais uma vez prova que o pseudo-projecto voltou a falhar…temos de “esfrangalhar” ainda mais esta fraca equipa para termos dinheiro para sobreviver até final desta miserável época!
Depois de estarmos a pagar salários a Paulo Sérgio e a Domingos e vamos ver como será com o belga do “Vende-Cautelas”…carrega na reestruturação financeira!
Depois de Bojinov, Luis Aguiar, Rodriguez , Onyewu e Gelson(todos estes contratados neste mandato), parece que mais jogadores têm as portas do clube abertas para se pirarem, Elias parece ser outro contratado a peso de ouro por esta estrutura que se “vai pôr a mexer”, não justificou ainda o investimento feito na sua contratação e agora como vai ser para recuperar o dinheiro gasto?
A diferença de Elias para o francês que custou 7,5 milhões de € é mesmo a qualidade e o preço, o brasileiro foi mais caro e tem um salário “astronómico” para as possibilidades deste Sporting, porque se fosse de um grande Sporting ainda se suportava, agora para um clube que está “teso” que nem um “carapau” que apenas tem dinheiro para camaras HD e outras despesas feitas por dirigentes que usam o Sporting para beneficio próprio…mas o que estou aqui a fazer é a tentar dizer o que penso sobre as saídas de jogadores já neste mercado de Inverno!
Olhando assim para o plantel do Sporting e tentando não o enfraquecer mais que aquilo que já de tão fraco é…Daniel Carriço está muito perto de sair do Sporting a custo zero, ora se por um lado na minha opinião não tem qualidade para jogar no Sporting (mas para este fraco Sporting chegava) e era de o “despachar” mas não a custo zero e já se fala do Benfica, espero que o Engodinho tenha a esperteza de não deixar isso acontecer…pelo menos fazer 5 milhões de €, eu acho pouco para um jogador que vem das escolas do clube mas pronto mais vale esses 5 milhões do que nada e ir para um rival…mas até nisso não somos “virgens”!
Cédric Soares é outro jogador que há muito digo que não tem ainda qualidade para ser titular do Sporting, até pode vir a ter mas neste momento, não penso que deve sair mas devia ter alguém que o ensinasse, foi lançado muito cedo na equipa do Sporting, mais um ano a rodar no banco mas pronto para este Sporting chega para lutar pela permanência…
Adrien não devia sair, se sair Elias tem a oportunidade de mostrar porque renovou e se sair então impõe-se a pergunta porque renovou e não deve ser dos mais caros do plantel!
Pereirinha, já todos sabem o que penso deste “espécie de jogador de bola”…vendável ou rescisão e andor!
Elias, já disse o que penso, mais um mau negócio destes excelentes gestores que temos tido nestes últimos anos e agora quero ver como vão recuperar o investimento feito nele!
Pranjic, outro flop, um jogador muito fraco e não me recordo de um único jogo de qualidade deste flop, mais um que veio para ajudar a encher os bolsos de alguém com comissões!
Jeffrén, outro grande flop e sobre jogador “feito de cristal” já mostrei há muito o que penso dele, outro que nunca vamos os belíssimos gestores recuperar o investimento!
Marat Izmailov, este acabou no Sporting, agora quero ver o que vai o “responsável do futebol” do Sporting fazer quanto a este jogador, eu pessoalmente sou contra a venda ao FCPorto mas se vier o Rolando e o Miguel Lopes à troca porque não e espero que o russo não saia do estaleiro lá em cima no Dragão mas antes queria ver o russo a sair para fora de Portugal e 10 milhões de € seria uma excelente venda…mas destes “gestores da piça” não espero milagres!
Valentin Viola, outro flop, este que os “gestores da piça” foram contratar e que nem ponta de lança é e até hoje não convenceu, podiam-lhe dar um bilhete de ida para casa e tentar contratar um bom ponta de lança para ser opção a Wolfswinkel!
Boulahrouz, este podia ir à vida dele para casa, se fosse bom tinha ficado nos clubes por onde andou…
Labyad, na minha opinião tinha até final da época para se impor, se não o fizer então é de vender!
Saídas agora em Janeiro na minha opinião:
- Carriço, Boulahrouz, Elias, Pereirinha, Pranjic, Jeffrén, Marat Izmailov e Viola!

O nosso presidente só responde aos "sócios do Croquette"!


Este presidente é só a maior aberração que alguma vez se viu na presidência do nosso clube, não falo em termos humanos porque nesses termos merece todo o meu respeito como outro qualquer ser humano mas vejam bem a resposta desse senhor a um sócio do Sporting que lhe enviou um email.
Imagem do ForumSCP(clica para ler)
Esta foi a resposta que o sócio em questão recebeu num email onde eram colocadas várias questões ao nosso actual presidente como por exemplo dos"trunfos" Luis Duque e Carlos Freitas, o aumento do passivo e outros assuntos que já todos sabemos que estão a acontecer neste mandato, como não convinha responder então saiu a pérola que vemos na imagem!
É a hora de "recriar" como diz o presidente, é hora de reestruturar e blá blá...
Não foi o presidente que disse que tinha a porta do gabinete aberta para todos os sportinguistas?
E que respondia a todos os emails que lhe fossem enviados?
Resta é saber se foi mesmo ele a responder ou se foi algum dos seus "braços direitos", o tal Mauras ou o Talhante Leonino!
Contra este tipo de respeito pelos adeptos e sócios do Sporting nunca me calarei...agora vejam e oiçam com atenção o vídeo em baixo...



Continua o esfrangalhamento do Sporting!



Que grande projecto desportivo este de Godinho Lopes, depois de Bojinov, Luis Aguiar, Rodriguez, Onyewu, já se emprestou o Gelson e parece que mais estão para sair (a saída de Jeffrén era uma dádiva dos céus, que flop senhores)…e pelo meio já Luis Duque e Carlos Freitas, os “jokers” do futebol também já piraram!
Ora se estes dois eram os trunfos e fizeram o que fizeram é agora o Jesualdo Ferreira que anda a “limpar a merda” que estes dois fizeram?
Então e o dinheiro gasto como o vão recuperar?
Ora se no ano passado inventaram a desculpa que a equipa era nova, o treinador era novo, este ano inventaram a da reestruração, o que irão inventar para o ano?
Ora anda-se a investir para depois os despachar?
Se isto não gestão danosa então o que será?
Já sei pronto, eu não sou sócio e não posso dizer nada nem sequer ter opinião…
Ora se se fala em “despachar” o Izmailov para o FCPorto, tirem as vossas conclusões sobre o que estes gajos pensam sobre o Sporting!
Sim porque quem dirige o clube não tem responsabilidades, quem tem responsabilidades sou eu que todos os dias mostro o meu desagrado com o que se passa no clube!
O Rojo vem hoje a dizer que no Sporting falta confiança e que novidade senhores!
Já há muito que sabemos isso!
Agora vejam em baixo o que diz um bem conhecido lambuças sobre o que pensa ser uma solução para o Sporting…ao que chegámos…
Clica na imagem para ler melhor

Um Feliz e Santo Natal para toda a nação leonina!


Hoje é aquela noite em que todos os homens devem dar as mãos, sejam quais forem as raças, credos, orientações sexuais, cores clubísticas ou mesmo outras orientações diferentes dentro da vida de cada um, pena não ser Natal todos os 365 dias de cada ano!
Venho assim desejar um Feliz Natal ao nosso presidente Luis Godinho Lopes e respectiva família e a todos os nossos dirigentes, atletas e restantes funcionários do Sporting Clube de Portugal!
Venho também desejar a todos os sportinguistas um feliz e santo Natal junto das vossas famílias, porque não são as discordâncias ou orientações diferentes que pretendemos para o nosso clube que fazem de nós inimigos e tenho a certeza que todos queremos o melhor para o nosso clube, estes votos são mesmo para todos os sportinguistas sem excepção, sermos diferentes em termos de ideias não nos torna diferentes e não significa que de cada lado da “barricada” não esteja um ser humano igual a qualquer outro e que não mereça tudo de bom na sua vida!
Desejo que neste Natal estejam todos em paz e que sejam felizes tal como desejo o mesmo para todos os vossos familiares!
Um Feliz Natal e Viva o nosso grande e eterno Sporting!

Bruno de Carvalho deixa mensagem aos sportinguistas!



"Esta é uma época festiva onde juntamente com a família se comemora o Natal e se faz planos para o ano que vai entrar.
O mesmo se passa com a família sportinguista.
As verdades vão sendo cada vez mais difíceis de esconder e a vergonha que vivemos desde 26 de Março de 2011 é cada vez mais acentuada e percebida por todos.
Entre tramóias, resultados de gestão desastrosos/danosos, resultados desportivos de nível inferior, processos judiciais, chantagens aos núcleos, mentiras ventiladas às claques, adeptos e sócios, pagamentos para aterrorizar e bater nos chamados “descontentes”, tudo vale no Sporting da actualidade.
É uma tentativa absurda e ridícula de divisão, pois apenas na divisão podem os medíocres reinar.
Tudo vale neste momento. Vivemos o caos, mas com uma dúzia de perfis falsos na net e recurso a call centers, para reagir a entrevistas e a votações, vamos passando uma mensagem falsa de grande divisão, para tentar camuflar o descontentamento geral.
Até admito que existam dúvidas de qual será a solução a dar ao Sporting e quem deve personificar essa liderança e projecto, que tanta falta fazem ao nosso Clube, mas é evidente a todos que existe uma união, quase generalizada, de que esta direcção não faz parte da mesma.
Sendo assim, cada dia que passa, cada decisão precipitada que se toma, apenas prejudicam ainda mais o Clube. Se nos deixarmos enganar por tentativas de cisões falsas contribuímos para o caos que vivemos.
Este é um momento crucial na vida do nosso Clube, que se unam todos os que acreditam que devemos dizer já basta! Acredito que seremos quase 3 milhões a gritar bem alto o mesmo.
Deixemos as eleições e respectivos apoios a candidatos para depois, nessa altura todos terão a oportunidade de apoiar a pessoa e projecto que lhe fizerem mais sentido para iniciar a recuperação do nosso Clube, dos seus valores, dos seus ideais, da sua grandeza.
O Sporting precisa de todos agora a gritar basta, numa só voz! Precisamos de entrar em 2013 com um novo fulgor e uma nova crença, a dizer bem alto: não queremos mais isto!
Mesmo sendo Natal o Sporting não vai lá com milagres mas sim com uma nova direcção e competência, muito trabalho e muito rigor.
Eu cá estarei, junto da família que escolhi como minha, com quem já chorei muito, com quem já vibrei muito, que já me levou ao céu e ao inferno, mas que amo de todo o coração.
Por muito que me tentem atacar, difamar, desacreditar, eu nunca tive, tenho nem terei medo de defender o Sporting Clube de Portugal e os Sportinguistas, e nada vai alterar isso!
Gosto de ouvir todos sobre o que pensam, o que gostam, o que não gostam, o que sonham, as suas ideias, com isso vou estando atento ao que nos rodeia, melhorando concepções e modelos, mas nunca tive de aprender o que é o Sporting Clube de Portugal, ele pura e simplesmente faz parte da minha essência como homem, marido, filho, pai e profissional.
E esse é o meu voto pessoal para esta época festiva e para 2013: uma família leonina unida, afastando aqueles que não nos querem bem, com a força da inteligência dos valores que nos unem, e um Sporting Clube de Portugal totalmente renovado logo no inicio do ano!
E eu lá estarei ao lado de todos, como sempre, pois o Sporting tem solução!
Basta levantarmos a cabeça e dizermos basta! Basta sermos firmes contra a pseudo fatalidade que se abateu entre nós e dizermos: estamos aqui! Basta fazermos valer os ainda nossos direitos!

O Sporting Clube de Portugal somos nós e nunca deixem ninguém vos convencer do contrário!
Votos de um Feliz Natal para todos os sportinguistas e as suas famílias e um 2013 com muita saúde, felicidade, trabalho e com a força e vontade de dizer basta à mediocridade que se apoderou do nosso Sporting Clube de Portugal!

Bruno de Carvalho”

Resumo: Sp.Braga 1 - Sporting 5 em futsal


Novo hit: Godinho sem style!



Rua...demite-te e vai passar o capote para outro lado, vai fazer novas "faenas" para outro lado e larga o Sporting a quem realmente quer bem a este clube!

Nas "mãos" deste toureiro o Sporting é um "toiro" de morte!


Tens andado é a tourear os mansos que te apoiam, porque os verdadeiros sportinguistas há muito que já te espetaram a farpa para saíres daqui para fora!
O que tens feito ao Sporting está a deixar o clube a "sangrar" de morte e se continuares as "faenas" que tens feito até agora só iremos ver o clube a ser arrastado por um trator com se faz aos toiros em Espanha depois de levarem a "estocada" final!
Só mesmo os teus "peões de brega" é que te apoiam, mas olha que a "colhida" que te vai fazer cair está para breve!
Ou então nunca mais aparece alguém que te dê uma "cornada", era o que merecias!
Imagem retirada do ForumSCP

A vergonha continua não é Sr. Godinho Lopes?...Explique lá esta das câmaras!


Imagem retirada do ForumSCP
Em suma são 22 jogos oficiais, 4 vitórias, 10 empates e 8 derrotas!
Já fomos eliminados da Liga Europa onde defrontámos 3 clubes da 3ªdivisão do futebol europeu, já fomos eliminados da Taça de Portugal, 10ºlugar no campeonato a 6 pontos da Europa…mas a apenas 2 pontos da despromoção, outro dado é que o Sporting tem tantos golos marcados quantos tem o melhor marcador da prova sozinho!
Hoje vem no Jornal de Noticias o seguinte:
- «Fornecedores ameaçam Sporting».
Godinho Lopes tem sido confrontado com dívidas para pagar a fornecedores e foram já vários os encontros com alguns que informaram diretamente a estrutura leonina que, caso não sejam feitos os pagamentos, deixam de fornecer os produtos e serviços acordados.

E o sabujo diz que temos de olhar para o futuro…
Depois diz que veio para o futebol para elevar e para ser o exemplo e não responde às acusações de Luís Filipe Vieira, prefere então atacar os sócios e os adeptos do seu clube, vejam o que disse de José Eduardo que como sócio deu uma opinião sobre o estado do clube e vai o asqueroso que temos como presidente responde assim:
- «Preocupo-me com as minhas funções como presidente, ele deve preocupar-se com a sua área como servidor de refeições no restaurante que tem no Estádio de Alvalade.»
Agora digam-me lá se esta espécie de homem não é um nojo e se merece algum respeito?

Puta que o pariu…
Até quando teremos de levar com este gajo no Sporting?
Ainda existe gente que diz que neste blog se escreve de maneira brejeira e de baixo nível, então olhem para o traste que está à frente dos destinos do nosso clube, não merece respeito nenhum e da minha parte será sempre este o tratamento que lhe darei a ele e a toda a corja a ele associada e a todos que o defendem, são gente que não ama este clube tão sofridamente como eu e muitos milhões por esse mundo fora…é o novo “Salazar” este presidente, não respeita os seus adeptos, atacando-os e os ataques do exterior “borra-se” todo!
Palhaço, está a acabar o nosso clube!
E o que dizer disto:
“O Ministério Público é taxativo. Na acusação ao ex-vice-presidente do Sporting, Paulo Pereira Cristóvão, a procuradora do Departamento de Investigação e Acção Penal diz expressamente que o presidente do clube, Luís Godinho Lopes, conheceu e autorizou a contratação de uma empresa que vigiasse a “vida pessoal e social dos jogadores de futebol”.
Por acção do arguido Paulo Pereira Cristóvão e com o conhecimento e autorização de Luís Godinho Lopes, presidente do seu conselho de administração, a Sporting Património e Marketing, SA, detida 100% pelo Sporting, contratou a Businlog para prestação dos serviços referidos a partir de 1 de Junho de 2011 pela quantia mensal de 8000 euros mais IVA de 1840 euros”, lê-se na acusação.”
Paulo Pereira Cristovão mentiu ao dizer na sua ultima entrevista na RTP que não andavam a vigiar a vida dos jogadores e depois vejam a questão dos 8000€ e já nem falo do IVA…depois dizem que não há gente a servir-se do Sporting?
Claro que ainda falta fazer prova mas…

A voz do adepto leonino - "Relativamente ao Sporting"


“Penso estar correcto ao afirmar que todos os sportinguistas sócios ou adeptos estão
desiludidos, entristecidos e envergonhados com o actual momento da equipa de futebol
profissional do nosso clube. Por maior que seja o ecletismo do SCP, a maior paixão e
fervor clubístico estão directamente relacionados com o sucesso ou insucesso da mesma.
Sem querer acicatar raivas nem discórdias, cumpre a todos os sportinguistas reflectir
nas causas que nos conduziram ao tremendo abismo e caos em que nos encontramos.
O Caos não me assusta particularmente pois sei que dele resultará naturalmente uma
nova ordem e um novo rumo.
Já quanto ao Abismo é importante analisar as causas que nos conduziram ao mesmo,
para ser possível inflectir o rumo e não voltar a cometer e continuar os mesmos erros.
Na essência e base deste abismo está a importância que a vertente económica
assumiu, sobrepondo-se aos interesses desportivos e aos principios que nortearam a
fundação do nosso clube.
Apesar de sermos um clube formador dos melhores jogadores do Mundo, permitimos
que jogadores como Luís Figo, Simão Sabrosa, Ricardo Quaresma, Cristiano Ronaldo,
Nani, João Moutinho, Varela, entre outros, abandonassem o nosso clube sem
praticamente garantirem títulos desportivos. Alguns deles, inclusive, garantiram e ainda
garantem títulos aos nossos rivais e adversários directos Porto e Benfica. Sobrepôs-se
sempre o interesse económico ao interesse desportivo.
Contudo, apesar desta triste realidade, somos ainda confrontados com uma gestão
económica ruinosa que nos conduziu à falência, não só não conseguimos títulos
desportivos como enfrentamos o total descalabro económico. Pior é impossível.
Não me compete, nem estou particularmente interessado, em apontar o dedo aos
responsáveis de tal descalabro, até porque tal facto só serviria para criar ainda mais
desunião e brigas internas e o que o nosso clube precisa neste momento é de união, de
sportinguismo de todos os seus sócios e adeptos.
Estamos perante uma grave crise que ameaça a continuidade do nosso clube, algo
que me custa a acreditar mas que perante o actual contexto sócio-económico, em que os
valores materiais se sobrepuseram aos valores humanos e às paixões, sou
necessariamente forçado a equacionar.
Ainda para mais quando é mais que óbvio que o nosso clube carece de uma liderança
forte e decidida. Sem querer beliscar o sportinguismo e a boa vontade do nosso actual
presidente, temos que constatar que a sua demissão é inevitável. Ele é sem dúvida o
rosto da continuidade que nos conduziu até esta triste e desesperada situação em que
nos encontramos. Já nenhum sportinguista acredita nele e no seu “programa”. E essa
falta de crença colectiva manifesta-se depois na energia que é transmitida para o exterior
e para o seio da própria equipa de futebol.
Analisando friamente a situação e no que diz respeito à equipa de futebol esta
apresenta-se abúlica, anímica e fisicamente.
Como é que chegámos a esta situação? E como saímos dela?
Comecemos pela situação económico-financeira actual. Temos um passivo estimado
em aproximadamente 250 milhões de euros para fazer face a um activo estimado em 180
milhões de euros, apresentamos portanto um saldo negativo de 70 milhões de euros.
Estamos pois, sem dúvida, em falência técnica.
Chegámos a esta situação porque não cobrámos os devidos dividendos, nem
económicos nem desportivos, da nossa política de formação e gastámos fortunas em
contratações económico-desportivas mal conseguidas ou ruinosas. Acho que este facto é
inegável.
Analisando o percurso das duas últimas direcções como exemplo, ambas ruinosas,
presididas pelo Dr. José Eduardo Bettencourt e a actual do Eng.º Godinho Lopes
constatamos que passámos do 8 para o 80. Se a primeira pecava pela falta de ambição e
incapacidade de investimento em algumas contratações de qualidade inquestionável e
indispensáveis para darmos o salto para a conquista de títulos, a segunda apostou na
menorização dos nossos activos de formação e na contratação de um magote de
jogadores estrangeiros e sem cultura clubística, de valor questionável e sem provas
dadas. Se a primeira era excessivamente prudente, esta última foi excessivamente
aventureira.
Junta-se a este facto a alienação de parte dos direitos desportivos dos passes dos
jogadores do nosso clube a fundos estrangeiros e a empresários diversos, alguns por
valores inferiores àqueles que o Sporting pagou, o que naturalmente nos leva a
questionar a seriedade destes negócios e os interesses que estão por detrás dos
mesmos.
Para além do inquestionável prejuízo financeiro assumido, tornou-se, assim também,
o clube refém dos interesses económicos de grupos e fundos para os quais o futebol é um
mero negócio, e que não se preocupam minimamente com os prejuizos desportivos que
possam causar ao clube.
Para concluir esta breve análise consta que o Sporting está aprisionado e cativo
pelos bancos, nomeadamente pelo BES e pelo BCP, atendendo a que o financiamento
deste descalbro e abismo financeiro para onde nos conduziram foi suportado e financiado
por estas entidades.
Como todos sabemos bem, tem sido prática corrente nestes últimos anos de crise os
bancos recusarem as reestruturações e renegociações das dívidas, de forma a que se
torne viável e possível o seu pagamento e cumprimento, e optarem por proporem
aumentos e reforços de hipotecas e garantias, levando as empresas ao suícidio.
Naturalmente que o fazem de forma puramente interesseira e especulativa e com todas
as garantias legais e económicas do seu lado. Pelo que pude apurar as dívidas às
entidades bancárias rondam os 120 milhões de euros, valor ainda inferior aos activos do
clube, o que lhes permite uma certa margem de segurança financeira e também lhes
garante ter uma constante guilhotina sobre a cabeça do clube. Procuram assim os Bancos
recuperar, à custa daqueles que foram sérios e lhes deram garantias válidas, da sua má
gestão e investimentos ruinosos que todos os Portugueses têm “solidariamente” pago.
Nenhuma direcção foi capaz de fazer frente e ter a coragem de dizer não perante os
acordos provavelmente usurários e ruinosos que lhe têm sido propostos pelas entidades
bancárias, optaram sempre por um chutar da bola para a frente, aumentando assim o
passivo para fazerem face a situações pontuais de tesouraria, sem saberem como iriam
conseguir receitas para garantir esse cumprimento, ou melhor assumindo que essas
receitas surgiriam através do desempenho desportivo que nenhuma delas conseguiu.
Aventuraram-se, optaram por acreditar que todas as bolas iriam entrar e que nenhuma
bateria na trave ou no poste, seria falha de direcção ou eventualmente poderia ser
defendida pelo guarda-redes adversário. Tanta ingenuidade leva-nos também a
questionar até que ponto é que os interesses do clube foram salvaguardados, até que
ponto é que as direcções salvaguardaram preferencialmente os interesses dos bancos em
detrimento dos interesses do clube. Estariam verdadeiramente a servir o clube ou
estariam a servir outros interesses?
Embora esta constatação seja inevitável, mais uma vez afirmo que não é esse o ponto
fulcral da questão, deve ser referido e interiorizado para que não se repita e nada mais. O
importante agora, perante esta realidade, é encontrar soluções que viabilizem o nosso
clube e a sua continuidade e que o reponham no lugar que merece e para o qual foi
fundado.
Quais são então as soluções?
Numa primeira fase é importante e imprescindível assumir que é impossível assumir os
compromissos económicos contratualizados pelas anteriores direcções no prazo e nas
condições anteriormente acordadas, para todos os efeitos estamos em falência técnica.
Começando naturalmente pelos nossos credores preferenciais, os bancos, devemos
propor uma reestruturação da dívida, alargando o seu prazo de pagamento para
cinquenta anos, com uma taxa fixa de 5% e pedindo um período de carência de
amortização de capital e juros nos primeiros 5 anos.
Baixar a massa salarial base da equipa profissional de futebol, aumentando
consideravelmente os variáveis consoante os resultados desportivos atingidos pelo clube.
Os ordenados serão assim directamente proporcionais aos resultados desportivos obtidos
numa proporção justa e directa à contribuição individual de cada um. Não pagaremos uma
base equivalente aos nossos rivais Porto e Benfica mas superaremos os seus
vencimentos e prémios se atingirmos as metas desportivas de vitória a que nos
propomos.
Estabelecer uma percentagem mínima de 70% de posse pelo clube dos direitos
desportivos do jogador para que o mesmo possa alinhar pela equipa principal do clube.
Acabando assim com influências externas e outros interesses económicos instalados na
constituição normal da equipa.
Mobilização e pedido de apoio financeiro extraordinário aos sócios e adeptos do
clube, numa operação como o SLB teve que fazer há uns anos e que foi designada, e
bem, como operação coração, porque o que nos move é sempre a paixão clubistica e não
os pretensos dividendos económicos. Numa estimativa de 2,5 milhões de adeptos do
Sporting, se todos contribuirmos, na justa medida e disponibilidade económica de cada
um, não me parece desajustado prever que uma média final de 20€ por adepto é
perfeitamente possível, e tal significaria um encaixe imediato de 50 milhões de euros que
nos permitiriam, em conjunto com as outras medidas atrás referidas, um certo folêgo
económico, mais que suficiente para ultrapassar esta crise.
Não me parece que estas soluções, agora apresentadas, representem a descoberta
da pólvora. De alguma forma todos os sportinguistas já com certeza as equacionaram e
desejam vê-las em acção, estando, de facto, surpresos por nunca as mesmas nos terem
ainda sido propostas...
O Sporting é um clube dos seus sócios e aficionados, aqueles que são sportinguistas
estão disponíveis, desejosos e capazes para participar e auxiliar na inevitável mudança
que o clube necessita, assim nos seja dada essa oportunidade e de bom grado
contribuiremos. A solução não passa por qualquer mecenas ou messias que traga o
dinheiro para resolver os problemas eventuais de tesouraria e tomar conta do clube pois
nunca o clube será dele, o clube é nosso, está-nos no sangue e está mais que na altura
de o assumirmos e demonstrá-lo.
Passemos agora à análise da realidade desportiva da equipa de futebol.
Existe um problema mais que óbvio de preparação fisíca, os jogadores não aguentam o
ritmo de jogo durante os 90 minutos, as lesões tem sido uma constante em todo o plantel,
falta capacidade de arranque, velocidade, força e resistência à maioria dos jogadores.
Mais do que a duvidosa valia técnico-táctica dos jogadores do plantel actual, existem
de facto alguns jogadores que não têm qualidade para representar um clube com as
nossas ambições e pergaminho, existe um desfasamento entre a táctica implementada e
as características dos jogadores.
Um clube como o SCP, que joga sempre ou quase sempre para ganhar, tem que
alinhar com uma defesa subida, para acentuar a pressão e encurtar a distância entre
linhas. Ora os nossos defesas, particularmente os centrais, são jogadores com pouca
velocidade e são inúmeras vezes batidos com bolas nas suas costas, por equipas
menores que jogam fechados atrás e em contra-ataque.
O nosso plantel seria bom para uma equipa de menor ambição, que jogaria mais
recuada, dando a iniciativa de jogo ao adversário e jogando em contra ataque pois temos
avançados rápidos. Aliás o sucesso que o Sá Pinto teve na Liga Europa do ano passado,
assentou bastante nesse estilo de jogo, mas depois perante adversários mais fracos as
dificuldades são enormes como se viu pela forma como perdemos a Taça de Portugal e
não conseguimos melhor que um 4º lugar no campeonato.
O actual treinador, já consciente desta situação, tem optado por manter a linha
defensiva mais recuada, obrigando os extremos e os médios a correrias constantes, o
que, associado ao mau estado físico e anímico da equipa, acaba por também não resultar.
Mais do que criticar a qualidade dos jogadores e dos treinadores, devemos isso sim,
tomar consciência que este plantel está mal estruturado para os propósitos e os
objectivos que um clube como o Sporting pretende e deve alcançar.
Que fazer então?
Atendendo ao adiantado da época e às parcas ambições que nos restam (um muito
difícil e distante acesso à Liga dos Campeões e uma Taça menor como é a da Liga), não
se justifica um investimento económico substancial para reforçar a equipa, ainda para
mais com os inerentes riscos de contratações falhadas ou adaptações não conseguidas
mas temos que naturalmente fazer pequenas e necessárias correcções na equipa técnica
e no plantel.
Devemos começar pela substituição do preparador físico. Contratar alguém com
inquestionáveis provas dadas e que seja capaz de recuperar os índices fisícos dos
jogadores para patamares minimamente aceitáveis.
Não sendo viável, neste momento, constituir uma equipa competitiva como
desejamos com base na regra anteriormente proposta de nenhum jogador alinhar pela
equipa principal se o clube não for detentor de 70% dos seus direitos desportivos,
deixaremos tal tarefa para a próxima época, altura em que poderemos negociar com os
fundos a readquirição de parte desses activos para aqueles jogadores que eventualmente
o justificarem e consoante os resultados alcançados.
O futuro do Sporting passa naturalmente pela sua formação e pelo potenciar
desses activos, nessa perspectiva deveremos ter pelo menos no plantel principal 12
jogadores da formação (metade). Neste momento temos apenas cinco, o Rui Patrício, o
Cédric e Carriço, o Adrien e o André Martins. Deveremos pois chamar à equipa principal
oriundos da equpa B e de forma definitiva o Dier, o Tiago Ilori, o Ricardo Esgaio, o Betinho
e o João Mário. Promover o regresso do Wilson Eduardo (a não ser que nos
emprestassem o Van Vossen com cláusula de opção!) e contratar o Quaresma em
Janeiro.
Do actual plantel deveremos, para dar lugar aos mais novos, encontrar colocação
para o Pranjic, para o Gelson Fernandes, para o Elias, para o Xandão, para o Izmailov e
para o Pereirinha. Particularizando:
O Pranjic deve ser um excelente profissional e um homem de grande carácter ou
não seria uma das primeiras escolhas dos diversos treinadores que têm passado
pelo clube, contudo não é nenhum fora-de-série e é um jogador com um potencial
muito reduzido de evolução ou de poder proporcionar qualquer retorno financeiro
atendendo à sua idade, encontra-se assim a ocupar uma posição que deveria ser
entregue ao Quaresma, ao Labyad ou ao André Martins que têm boas qualidades
técnicas e um grande potencial de evolução.
O Gelson Fernandes é um jogador de grande entrega mas com limitações técnicas
visíveis e inquestionáveis que nada acrescenta à equipa.
O Elias é um excelente jogador, com grande capacidade técnica, contudo é um
jogador pouco estável emocionalmente, é o género de jogador que encaixa que
nem uma luva numa equipa forte, estou seguro que se jogasse no Porto seria um
dos melhores da liga, infelizmente, numa equipa em formação ou em instabilidade
como a nossa tem sido, deixa-se contagiar, falta-lhe confiança e apaga-se. Além
disso o investimento económico foi avultado e a sua desvalorização, numa equipa
como a nossa é preocupante. A sua saída baixaria consideravelmente a folha
salarial e permitiria que o Adrien ou o próprio João Mário conquistassem mais
rapidamente o seu espaço de afirmação.
O Xandão é outro jogador que não acrescenta muito à equipa pois a sua
irregularidade exibicional tem sido uma constante. Numa equipa motivada pode
tornar-se um bom jogador mas numa equipa como a nossa actual, animicamente
de rastos, as suas falhas e desatenções são cada vez mais frequentes, falta-lhe
estabilidade emocional para dar a volta a este período de crise que atravessamos,
além disso a sua dispensa daria oportunidade à afirmação do Dier ou doTiago Ilori,
que são bastante mais fortes e velozes e a nossa defesa precisa de mais força e
velocidade.
O Izmailov é técnica e tácticamente o nosso melhor jogador mas nunca joga. Há
mais de dois anos que o homem quer ir embora, é como o Moutinho: quer ir ganhar
títulos! Não há um pingo de Sportinguismo na sua alma apesar dos anos em que já
representa o clube. Não é um líder, nem um elemento mobilizador ou galvanizador,
joga bem se a equipa estiver a jogar bem mas não puxa por ela. Se o homem quer
ir para o Porto, deixem-no ir! Lá, acredito que fará óptima figura, será um suplente
ou quem sabe titular de luxo. Ajudaremos também assim o Porto a conquistar mais
um título o que, por mais que nos custe, sempre é melhor do que ver os nossos
rivais benfiquistas ganhá-lo. Ainda para mais depois do vexame e da humilhação a
que temos sido sujeitos depois desta última copiosa derrota em casa. Acho que
nem quando eles tiveram o Vale e Azevedo à frente dos destinos do clube os
enxovalhámos tanto como eles têm feito agora. Uma verdadeira falta de nível! Até
o Eusébio... Garantam é nesta operação o regresso do Quaresma. O Porto neste
momento chega-se à frente, sabe que precisa também da nossa energia e ajuda
para vencer o campeonato, as coisas estão muito renhidas, viram o último penalty
e expulsão do SLB contra o Marítimo?
Quanto ao Pereirinha, penso que já esgotou todas as oportunidades de afirmação
que lhe têm sido concedidas, por qualquer razão que desconheço não tem
conseguido provar o enorme potencial que todos lhe reconheciam, há que dar
portanto espaço e oportunidade a outros.
E por aqui me fico. Sei que alguns vão questionar o regresso do Quaresma, mas o
seu regresso é animicamente positivo para o nosso clube. É um regresso a casa de um
dos nossos melhores talentos da formação. Damos-lhe assim também uma oportunidade
de retribuír a nossa enorme contribuição para o sucesso da sua carreira. E o Quaresma é
um líder, um elemento galvanizador, precisamos bastante dele neste momento, não temos
nenhum na equipa... E até pelo simbolismo de achar que um dia poderemos assistir
também ao regresso do Ronaldo e do Nani, por exemplo... Que eles venham a retribuir o
amor que receberam do clube, terminando aqui a sua carreira, dando a oportunidade a
todos os sportinguistas de os voltarem a ver envergar a camisola do seu clube. Isto sim
seria um corolário perfeito para a nossa política de formação. Jovens em início de
carrreira a receberem os ensinamentos dos seus ídolos, dos seus melhores exemplos, a
jogarem com eles, adquirindo as suas experiências, no trilho do seu sucesso.
Formaremos seguramente melhores jogadores e homens e tornar-nos-emos
necessariamente mais competitivos.
Seria bem melhor que o rumo que a nossa formação tem tomado criando alguns
mercenários. Recordo que o Paulo Futre e o Luís Figo não acabaram as suas carreiras no
clube e que o Simão Sabrosa e o João Moutinho tenho sérias esperanças que nunca o
venham a fazer. Claro que o problema não são eles mas sim as escolas e os dirigentes
que os formaram e que também não são culpados pois seguiam uma política económica
que lhes era transmitida pelas lideranças, que por sua vez apenas seguiam o rumo
natural da ordem do Mundo, numa febre de capitalismo doentio. Está nas nossas mãos
mudar isso, debelar essa doença que degenerou em cancro, acabar com essas células
cancerígenas e recomeçar.
No decurso deste texto, e por força do seu percurso, compreendi finalmente porque é
que o Porto tem ganho 80% dos títulos no presente século. Estima-se que o SCP tem 2,5
milhões de adeptos, que o Porto já alcançou a soma de 2,8 milhões e que o SLB tem 3,8
milhões. Face a este números seria de supor que o Benfica fosse invariavelmente líder e
só assim não é porque o SCP acaba por se unir invariavelmente ao Porto... Por força da
nossa fraqueza, porque não conseguimos ser competitivos, temos apoiado o Porto contra
o Benfica, e assim as duas energias juntas Sporting e Porto ganham à do Benfica. Talvez
quando o Benfica acordar para a realidade, quando perceber a estratégia do grande Pinto
da Costa, um verdadeiro enrabador, perdoem-me a expressão, pensará duas vezes antes
de formular estes ataques ao nosso clube. Temos assumido, sem dúvida uma atitude
subalterna, agimos como apontadores, como auxiliares, afastamos as nalgas do Benfica,
para o Porto os poder encavar.
No que me diz respeito eu cá como Sportinguista já estou farto, também quero gozar
de vez em quando. Mantendo um certo respeito e hierarquia de forças, nesta fase do
campeonato, já me satisfaria com um 4-3-3 (SLB-SCP-FCB) ou um 4-4-2 (SLB-FCPSCP),
aí já um bocado dorido, agora 8-2-0 (FCP-SLB-SCP), só se for masoquista ou
maluco! Então agora nunca gozo?!
Parece-me óbvio que todos os sportinguistas estão de acordo! Já chega! Agora quem
é que quer ganhar este campeonato? SLB ou FCB? O próximo é nosso! Isso é a base
para fazer qualquer acordo! 3º lugar esta época e campeonato para o ano (E já agora a
Taça da Liga esta época, só para começarmos a ganhar algum ânimo...)! Convém pois
negociar com os nossos rivais e ver quem nos propõe a melhor oferta. Com a
contingência porém, para este ano, de que se o nosso aliado for o SLB, está sujeito a um
pedido público de desculpas e a uma eventual goleada em casa, foram longe demais...
Até o Eusébio!...
Neste momento temos que tomar decisões no curto prazo. Ninguém sabe o que o
futuro nos reserva. E nós já não temos mais nada a perder... Sofremos a suprema
humilhação de o Presidente do SLB vir a nossa casa, e depois de nos infligir uma justa e
inequívoca derrota, chamar o nosso Presidente de Aldrabão! Dentro do nosso território,
vejam lá a ousadia! E pior que tudo!... Assistir à reacção do nosso Presidente que não lhe
foi aos fagotes! Que engoliu aquela afronta em casa! Que veio prestar declarações para
dizer que não baixava ao nível, como um mariquinhas, um cobarde! Que vergonha! Este
não é o meu sporting... Isto não sou eu...Não me revejo... Eu cá penso ser um Leão!
Comia-te vivo!...
O problema, meus caros, é que o Presidente do SLB pode ter razão. Todos nós
sportinguistas, ainda para mais depois da reacção do nosso Presidente, sentimos no
intímo que é muito provável que ele tenha dito a verdade. Aliás, para além de acharmos
que o nosso Presidente pode ser um Adrabão, agora estamos confrontados com a certeza
de ele ser um banana, um cobarde! É mau demais... Não há ânimo que resista!
Espero pois que o Eng.º Godinho Lopes, com o respeito que me merece, e sem
querer de alguma forma atentar contra o seu nome ou contra a sua honra, não questiono
pois o seu sportinguismo e acredito que, dentro das suas possibilidades e limitações, as
suas intenções foram sempre as melhores, se demita e convoque eleições para princípios
de Janeiro!
E que o faça já, na sequência do próximo jogo com o Marítimo para a Taça da Liga,
pois é muito provável que o Sporting vença esse jogo, atendendo ao desempenho ciclico
do actual treinador: derrota, empate, vitória... Saíria assim com uma vitória, deixando em
aberto um espirito de sucesso para o futuro para o qual ele também, ao demitir-se,
contribuíra... Permitindo também à equipa iniciar um novo ciclo, diferente do actual, que
nos pemitisse regressar a algumas vitórias consecutivas... Peço-lhe pois que não
comprometa mais o futuro desportivo e financeiro do clube com tomadas de decisões
improfícuas e desprovidas de rumo. A maioria dos adeptos sportinguistas já deseja que o
clube perca para que o seu presidente se demita, é impossível contrariar esta energia, por
favor, se é sportinguista, demita-se!
No que diz respeito ao treinador, não vejo razões para não lhe ser dada a
oportunidade de realizar até ao final os objectivos para os quais foi contratado, alcançar o
3º lugar e conquistar a Taça da Liga. Assim ele cumpra os objectivos e terá a devida
recompensa e reconhecimento por ter tido a coragem de pegar na equipa do Sporting no
momento actual em que se encontra, temos que lhe dar o mérito da coragem, e coragem
é uma característica imprescindível num Leão! Não chega mas ajuda muito... O problema
do Sporting não se centra no seu treinador nem jogadores, mas sim na sua liderança e
ausência de rumo.
Vou aproveitar para deixar também aqui uma palavra de agradecimento ao Sá
Pinto pela sua enorme coragem e sportinguismo. O Sá Pinto foi, no meu entender, a
última reserva de fôlego sportinguista, conseguiu unir novamente a energia do clube
apesar do balão ter rebentado com a derrota na final da taça. Essa derrota, por tão
inesperada e tão fora de sentido, só veio reforçar a necessidade de mudança de liderança
e de rumo do nosso clube. Era inevitável. Não foi o Sá Pinto que perdeu a final da taça, foi
o Eng.º Godinho Lopes e a continuidade daquele projecto ruinoso. Estou seguro que o Sá
Pinto, pelo seu inquestionável sportinguismo, pela sua capacidade de transmitir e
encarnar a mística sportinguista, por ser um verdadeiro Leão, virá, mais tarde ao mais
cedo, a ser um exemplo da nossa escola de formação de treinadores, algo que ele
provavelmente dará início num futuro próximo... Para que isso se torne uma realidade
mais próxima deveríamos reconduzi-lo ao comando da equipa B, se o seu enorme
sportinguismo e amor ao clube lhe permitir encarar tal facto não como uma despromoção
mas como uma continuidade, um presente e um futuro...
Para concluir, temos que ser optimistas, realistas e activos.
Não precisamos de um Messias, basta-nos alguém que se apresente com um
programa dentro destas ideias e desta dinâmica para poder reconduzir o nosso clube às
vitórias Temos que fazer uma inevitável operação coração, mas sem nenhuma vergonha
e com adesão total, o Benfica também já fez! E depois o coração, o nosso amor ao clube,
é o melhor que temos, é isso que nos mantém unidos e dessa forma indestrutíveis,
capazes de arcar e responder a qualquer ataque. Podemos ser criativos e, utilizando a
experiência (falhada) dos nossos rivais aliada à nossa qualidade de amor ao clube,
demonstrar a nossa força e superioridade alcançando excelentes e inesperados
resultados. Não temos pois que ter medo nem estar receosos. Essa coisa lançado pelos
médias do fim do clube é uma fantasia irrealizável promovida pelos nossos inimigos que
nos creem básicos e analfabrutos.
Inevitavelmente acabo por comparar a realidade actual do nosso clube à
realidade actual do nosso País. Como se fossem um espelho, vimo-los ambos
agonizantes e os seus líderes a dizerem-nos que, se eles saírem e alguém tentar mudar
de rumo, vai ser o fim do Clube, do País, do Mundo! Aos quais eu tenho inevitavelmente
que responder: Já chega, pior que isto é impossível! Acham que somos alguns
bananas??!
Somos Leões! Comemo-los vivos!
A verdade é que cresci e vivi nos arredores do saudoso estádio José de Alvalade,
almoçava muitas vezes na churrasqueira do campo grande antes dos jogos realizados no
Domingo à tarde (um saudoso programa de Domingo para a família que também foi
praticamente aniquilado por força dos interesses económicos das transmissões
televisivas), pratiquei no clube Andebol, Ténis de mesa, Natação (na antiga piscina do
campo grande, agora ao abandono) e Boxe (com o grande Mestre Ferraz), recuso-me
pois a aceitar de ânimo leve a anunciada extinção do nosso Sporting Clube de Portugal!
Espero pois que os grupos organizados de sócios e adeptos consigam fazer valer
a sua força e enorme sportinguismo junto desta depauperada, frágil e amorfa direcção,
num sentido de recuperar o clube e trazê-lo para o lugar que merece nem que seja
preciso comê-los vivos!...
Força SPORTING!
Luís Leal de Oliveira”