A voz do adepto leonino - "Escrever como quem fala"


“O Sporting teve esta época um dos sues piores inícios de sempre.
A época mal vai a meio e já não há esperança, já não há objetivos, já não há quase nada.
E graças a este mau início do sporting temos assistido ultimamente ao deboche habitual, onde toda gente aproveita esta crise do Sporting para malhar ainda mais num leão que vai dando indicações de estar muito doente.
Mas a coisa muda de figura quando aparecem pessoas a querer pôr em causa a grandeza do Sporting. Han?
Com que então o Sporting já não é um grande?
É o Braga querem ver?
Aquele grande clube que em termos de troféus conquistados pode-se gabar de ter na sua vitrina, entre outros, uma taça Intertoto?
Sim, o Sporting está a atravessar uma crise.

E depois? Isso apaga tudo de bom que fez até aqui?
Isso apaga os 107 anos de história? Não.
O mau momento que está atravessar não apaga as coisas boas que fez até aqui, o Sporting é, e sempre será um grande de Portugal.
E não um clube que luta para voltar a ser um grande.
Se há clube que se encontra nesta posição é o Braga. 
A história escreve-se com cabeça, tronco e membro. E não em cima dos joelhos na ânsia do que hoje é mentira amanhã seja verdade. Para o Braga ser um grande falta-lhe troféus, e uma história que possa sustentar isso. E não é um grande só porque um grupo de pessoas acha que sim.

O Problema é estrutural:
Aquilo que Eduardo Barroso muitas vezes faz é inadmissível.
Alguém que se diz grande sportinguista não se pode prestar àquele serviço miserável que ele presta.
O que se tem visto ultimamente então, chega a roçar o ridículo.
Com o presidente de Assembleia a aproveitar o tempo de antena que lhe é concedido para andar às turas com o presidente da SAD.
Eduardo Barroso ultimamente tem se comportado como um líder da oposição e disso o Sporting não preciso.
Se ele se assume como um grande sportinguista então devia comportar-se como tal.
Eu percebo que ele queira que a sua equipa ganhe sempre mas para se ganhar é preciso criar-se condições para tal, e a verdade é que Eduardo Barroso não tem feito isso. Não se pode ser do Sporting apenas quando a equipa ganha. O sporting merece mais do que isso.
Adiante. As pessoas dizem: ‘devíamos mudar a estrutura toda.’
Quer dizer que a melhor forma de se ter uma estrutura forte e rentável é mudando sistematicamente de direção? Mas isso faz algum sentido?
Quantos presidentes teve o Sporting nos últimos dez anos?
Muitos, certamente. E treinadores idem. Mas no entanto o problema continua.  
Eu atrevo-me a ir mais longe. Estamos a criar condições para que qualquer um que apareça no futuro, e que se atreva a candidatar a presidência do clube tenha capacidade de ganhar.
Não porque os adeptos acreditam nele, mas sim porque não acreditam no Godinho Lopes. Agora as pessoas estão todas com fé e esperança no Bruno de Carvalho, qual Dom Sebastião, como se fosse ele o salvador da pátria, quando no fundo não é.
E as pessoas sabem disso. Mas a frustração é tanta que qualquer um serve. Se calhar se eu me candidatar tenho possibilidade de ganhar.
Adeptos:
Os adeptos do Sporting são muitas das vezes o seu calcanhar de Aquiles.
Aquilo é gente que vai do céu ao inferno num ápice. E vice-versa.
Parece que só agora é que uma grande parte dessa gente acordou.
Agora está tudo preocupado com a crise do futebol do Sporting como se ela tivesse começado agora.
Queixam-se dos presidentes mas esquecem-se que se eles lá estão é porque alguém votou neles. A equipa do Sporting durante muitos anos ficou em segundo e terceiro lugar mas nunca vi ninguém repugnado com isso.
Muito pelo contrário, houve sempre um conformismo desmedido durante esse tempo todo simplesmente porque ficamos a frente do nosso rival da luz. E quer esta gente falar em exigência? Quer me parecer que os adeptos do sporting não querem ser campões, querem é ficar a frente do Benfica.
Depois há outra coisa, os adeptos do Sporting nunca conseguem estar felizes com nada, para eles ninguém serve, criticam tudo e todos.
Basta a equipa ganhar um jogo para ser a melhor do mundo e basta perder um jogo para ser a pior do mundo. Ao mínimo deslize criticam e apontam o dedo mas no fundo o que os Sportinguistas querem é a conquista de um título para atirarem os problemas para baixo do tapete.
E acho que para além de presidentes e treinadores deviam começar a cobrar mais àqueles que vão para dentro de campo, os jogadores.
Porque se eles são meninos para ouvir um cântico quando fazem algo de positivo também têm de o ser para ouvir ‘cânticos’ quando fizerem algo negativo.
E ultimamente só tem feito isso.
Arbitragem, aquela coisa estranha:
Para o ramalhete ficar completo não podia deixar de estar presente os senhores do apito.
É óbvio que a arbitragem portuguesa não tem nenhuma credibilidade.
Mas as pessoas só se manifestam quando a desgraça que lhes bate a porta.
Até lá não é nada com eles.
Toda gente sabe que existe uma clara dualidade de critérios por parte da equipa de arbitragem, e quase sempre em prejuízo do Sporting. Sempre foi assim e quer me parecer que sempre será. É notório o gozo que estes senhores têm em prejudicar o Sporting.
E se juntarmos a isso o fato da equipa estar a atravessar uma grande crise de resultados de alguns para cá, estes pequenos ajustes vão sempre passando despercebido. O sporting ao contrário dos outros dois clubes grandes é uma equipa sem peso nos lugares chaves da liga portuguesa. Isso é claro. Caso contrario haveria muito mais respeito pela equipa de arbitragem. Nós vemos o treinador do Benfica, Jorge jesus, usufruir de uma impunidade que Paulo Bento, por exemplo, como treinador principal da equipa do Sporting nunca teve. Mas lá está, os que podem mandam. Os que não podem vão vendo a caravana passar. E mais, estas coisas são tão bem feitas que sempre que nos atrevemos a protestar parecemos uma cambada de malucos, frustrados por ver a nossa equipa continuar sem ganhar.
Falência técnica:
Tentam convencer-me que o Sporting está falido mas é o Porto que acabou com o basquetebol ser uma modalidade que era financeiramente insustentável de manter.
E também foi no Porto que vimos um jogador de Hóquei a festejar um golo com um gesto alusivo a falta de pagamento.
Mas é o Sporting que está em falência técnica.
O Benfica teve de vender quase à pressa dois grandes ativos, hipotecando quase uma época desportiva porque tinha de honrar os seus compromissos financeiros. Mas é o Sporting é que está falido.
‘A equipa B é que é’:
Não podia ficar indiferente ao desempenho da equipa B do Sporting.
Ainda para mais quando este se contrasta na totalidade com o desempenho da chamada equipa ‘A’.
Hoje todos os aspirantes a comediantes tendem a fazer piadas com o fato da equipa que milita na segunda divisão praticar melhor futebol que a equipa principal. Aliás, próprios os adeptos do Sporting caem na tentação de dizer: A equipa B é que é’. Mas será? Estive a conversa com um amigo, e a justificação que ele encontrou para os miúdos da ‘B’ terem melhor desempenho é o fato de terem sido formados no Sporting e desta feita sentem mais o clube. Talvez.
Mas a minha justificação é outra. Os miúdos da equipa B têm melhor desempenho porque jogam no Rio Maior e não em Alvalade. Assim sendo, estão sujeitos a menos pressão, porque são miúdos, porque se calhar ainda não estão sob alçada de empresários que os faça a cabeça, porque não têm a obrigação de conquistar de títulos. Mas meus amigos, não se iludam. A solução do Sporting não passa por substituir a equipa A pela B. Não.
A minha história:
E para terminar, como não podia deixar de ser vou entregar-vos numa bandeja um bocadinho de mim.
E guardei para o fim porque é a melhor parte, ou não.
No meio disto tudo se me perguntarem se tenho orgulho em ser do Sporting a minha resposta é clara: nunca deixarei de ter orgulho disso.
Porque eu, ao contrário de muitos, não sou sócio mal fui concebido.
Procriado e educado numa casa onde o pai é do Benfica e a mãe tinha tanto interesse pelo futebol como eu se calhar tenho por panelas, aprendi a ser do Sporting sozinho. E orgulho-me disso.
O meu pai bem tentou mas sem sucesso.
Por isso, os jogadores que tratem de jogar a boa e respeitar e honrar o símbolo que levam junto ao peito!
Porque eu quero que o Sporting ganhe, e ganhe sempre.
Mas não sei é se estou disposto que isso aconteça a qualquer custo, como acontece com alguns clubes.
Carlos Pereira”

16 comentários:

Bruno disse...

Boas,
Não se trata de estarmos sempre a pedir mudança, porque o seu argumento peca numa coisa, à 15 anos que não mudamos. Tivemos um projeto que falhou e temos uma linha de governação que está à deriva!
Peço e luto por eleições por achar que esta direção e sua linha estratégica está esgotada, e o resultado desportivo e Financeiro está à vista. Revejo-me n no programa de BDC não por ser o D.Sebastião ou o salvador, mas por apresentar 127 medidas que apontam para um caminho diferente do que trilhamos. Acredito Piamente que o atual projeto está falido e que no momento a unica alternativa viável que temos é a de BDC. Pode ser que outras apareçam, mas para tal precisamos ir a votos. Como estamos não leva a nada e só iremos agonizar neste Fosso, que a atual direção e as anteriores nos meteram!

Anônimo disse...

adorei este post. . .um dos melhores se nao o melhor que ja escreveste!!!

Anônimo disse...

Apostem no futebol feminino .Aí vão ver os titulos a aparecer...

Anônimo disse...

DESDE QUANDO TEMOS 107 ANOS DE HISTÓRIA?

ENFIM, NEM A HISTÓRIA DO CLUBE SABES, TANTO MAIS VIRES ARGUMENTAR...

Anônimo disse...

Anónimo (6 de Novembro, 17:22),

2012 - 1906 = 106 (fazemos 107 em Julho)

A ver se sabes ao menos fazer contas...

Anônimo disse...

107 anos???
Godinho és tu????

Anônimo disse...

Texto mais estupido. Bruno carvalho tinha ganho as eleicoes se não tivesse havido manobras de bastidores, todas as sondagens o diziam e ate em todos os sites noite dentro foi dado como presidente. E não faz sentido godinho ter ganho com o eduardo barroso a ganhar na assembleia geral candidato de outra lista. Tenho dito, continua godinho a caminho do fim do sporting como o conhecemos!!

Anônimo disse...

Grande post

Todos pelo sporting


Anônimo disse...

O que se passa atualmente no Sporting é uma vergonha.

Por todos os problemas que possam haver, o Sporting é sempre o Sporting.

Os jogadores não têm brio. Já nem digo sentirem a camisola, não têm é brio nem dignidade.

Anônimo disse...

O Eduardo Barroso só esta a fazer o que deviamos ser nos a fazer!!! Abram os olhos!

Anônimo disse...

O que é que o Bruno de Carvalho iria fazer no Sporting? Mudar de treinador? Quem? Mudar de administradores? Óbvio! Ele de certeza iria ter lugar à mesa! Mudar de jogadores? Só em Janeiro! Contratar um director desportivo? Não! O homem percebe de Futebol! AH AH AH. Por amor de Deus, deixem de apoiar os nossos rivais com as vossas críticas e sejam verdadeiros sportinguistas, em vez de parecerem aqueles pretendentes a políticos das juventudes dos partidos! Deixem de ser jotinhas! Quando quiserem mudar, votem no candidato da vossa preferência quando o Godinho Lopes acabar o seu mandato. Se quiserem que alguma coisa caia, lutem para que seja o (des)governo de Portugal!

Anônimo disse...

Sim, os adeptos têm muita culpa.
Devem ser "engodados" e... calados é que tem de ser.
Comer, ver o o clube ser achincalhado e calarem, eis o papel dos adeptos.
Já agora, quem devia ser o primeiro a exigir aos jogadores, hein?

Alvar

Luis Carmo disse...

Uma cronica que diz tudo. Não podia estar mais de acordo.

Anônimo disse...

Desculpe?? Quem não sabe é você,este post deve ter sido um dos poucos que não foi escrito com sangue a ferver,tanto podemos críticar, mas também temos de saber elogiar. Você criticou a história do clube,agora explique se faz favor.

Anônimo disse...

Resposta a Carlos Pereira

Gostei de ler o teu "post". Tem uma lufada de critica construtiva e uma analise com alguma clareza da situação actual do Sporting.
Eu, como tu, também sofro com toda esta situação. O Braga devia jogar no campeonato das equipas de futebol camarárias ou futebol cooperativa, já que é propriedade da Câmara Municipal. Podem rir-se disto e chamarem-lhe disparate, mas é efectivamente verdade e sem fizerem um estudo profundo se o caso verão que é mesmo verdade.
Não é por acaso que que o Braga, não tem dividas. Pudera todas elas são pagas com dinheiro do erário publico.
Em relação ao Dr. Barroso, pessoa que muito aprecio, conhecendo-o até pessoalmente e vivendo perto da sua esfera, já afirmou que quer que o Sporting ganhe sempre, nem que seja por um golo marcado com a mão. Ele não foi candidato a Presidente da Assembleia Geral por Bruno de Carvalho?
Quanto a este, e como os Sportinguistas neste momento aceitam qualquer "gajo" para Presidente, teço o seguinte comentário. Não foi por um desnorte
que Hitler subiu ao poder na Alemanha. E os resultados ficaram à vista, pela eternidade. Sobre a equipa ; Pelo menos valha-nos isso.
Quem para substituir o actual presidente? Aqui, o "Busis" da questão.
Com o meu abraço

Anônimo disse...

Vão pedir aos seus avós dinheiro para criar um clube novo!AHAHAHAH