A voz do adepto leonino - "O ADN de leão"


 “A temporada no futebol profissional, bem como nas diferentes modalidades, chegou ao fim, deixando para trás um turbilhão de sentimentos nos adeptos.
A alegria pelos títulos conquistados, a mágoa pelas derrotas difíceis de apagar, a frustração pelas bolas que embateram nos postes e custaram campeonatos...
O sonho por terra a 3 minutos do fim em Bilbau, a má tarde no Jamor, as arbitragens habilidosas que nos afastaram do topo da liga, contribuíram para uma época emotiva mas com um final muito diferente daquele por que todos aspirávamos.
Bruno Paixão foi despromovido, finalmente!

Espero que seja um sinal de que na próxima época a arbitragem vai ser isenta e justa, não inclinando, como tem feito nos últimos anos, as competições a favor dos nossos rivais.
A perda do tricampeonato no futsal foi algo muito difícil de digerir.

Embora contra tudo e contra todos, a nossa superioridade ficou bem vincada na final diante dos agressores da 2ª circular e apenas por uma tremenda falta de sorte a vitória não nos sorriu.
No andebol a sorte também não quis nada connosco.

Cair nos últimos segundos na Suíça, falhando a final da Taça Challenge, foi um castigo demasiado pesado para uma equipa que nunca virou a cara à luta.
Pese os resultados menos conseguidos, a nova época traz expectativas e esperança renovadas.

O acreditar é algo enraizado no código genético dos sportinguistas.
Independentemente de quem representa as nossas cores, desde dirigentes a atletas, importa unirmo-nos em torno de uma causa comum e sermos constantes no nosso apoio ao longo de toda a temporada, empurrando o Sporting para as vitórias.

O apoio incondicional ao Sporting não implica que percamos o nosso sentido crítico, pois todas as grandes empresas para cresceram necessitam de troca de opiniões.
O início da nova temporada é a altura ideal para renovar os votos ao nosso grande amor!
Num contexto atual de crise, onde nos confrontamos com a perda do emprego, a separação da mulher, a hipoteca da casa e do carro, o amor pelo Sporting é algo intemporal, perdurando ao longo da nossa vida.
Vamos ostentar o nosso ADN de leão e gritar bem alto aos nossos adversários que, mesmo que sejamos derrotados, jamais deixaremos de ter orgulho na nossa identidade.
Independentemente dos resultados menos positivos que possamos obter, o Sporting continua e continuará a ser o amor de tanta, tanta gente…
Saudações leoninas,
Pedro Miguel Custódio 
Sócio nº 64702-0”


Obrigado a todos os que até hoje têm contribuído com cronicas para a rubrica "A voz do adepto leonino", para quem quiser enviar os seus textos basta enviá-los para o email do blog: scpatemorrer@gmail.com

5 comentários:

Jansenista disse...

Coincidências

http://stasis-leonina.blogspot.pt/

Anônimo disse...

meu caro Pedro Miguel Custodio

Gostei de ler o teu entusiasmo e que tens fé clubista.
Mas sê verdadeiro. Tens Fé?
Ou dizes isso com a ideia que o Sporting não vai a lado nenhum. As maravilhas contratados agora, ainda não deram provas em coisa nenhuma.
Achas que o Sporting irá de vento em popa? Achas mesmo que o Sá Pinto é um verdadeiro treinador e um exemplar condutor de atletas? Ou antes como pensas que o seu entusiasmo só deu até começar a perder. E quando houver opiniões diferentes, qual será a sua atitude?
Já se viu em algum clube do Mundo, eu disse clube do MUNDO, não me refiro a clubzecos de bairro, um roupeiro entrar em campo para ajudar um jogador que espera a presença de Médico do Clube para ser assistido?
Refiro-me ao nosso roupeiro. Acho que a sua presença no Sporting foi benéfica e humana a todos os títulos para a sua recuperação. Mas o resto, o seu papel não é andar aos pulos e abraços chegando mesmo em certas ocasiões a substituir elementos directivos. Não é por isto que se perde um campeonato, mas um conjunto de circunstancias estranhas deitam uma equipa abaixo. Que me importa a mim, quando o Sporting perder que o Sá Pinto diga que jogamos bem isto e aquilo e que sou o unico responsável
Isso que interessa? O que é que ele paga por isso e quem perde somos nós sempre os mesmos.
Só falta assinar em papel, somos com grande desgosto uma filial do F.C.Porto. Comidos, enrrabados e esfolados.

maradona76 disse...

Esta última resposta do anonimo é claramente um lampião disfarçado...

Muito gostam eles vir aqui meter veneno. Mas caro lampião, se há em Portugal clube enrabado pelo Porto esse clube é a merda encarnada. Aliás não vocês que têm um presidente que ocupava a tribuna vip das Antas?? E puxava pelo Porto nos jogos contra os porcos?

Não foi o seu clube que "deu" o Deco ao Porto?

Vá-se catar homem! O Sporting pode até ter dirigentes fracos, mas jamais os sócios admitiam ter como presidente alguém com o passado desportivo e pessoal como o Orelhas!

Toy Marafado disse...

Olá a todos,

penso que não se trata de um "lampião enrrabado", mas alguém com uma opinião diferente da minha, que respeito claro.
A fé por vezes é só o que resta... quando a perder deixo de ir ao Estádio!
Realmente foi um ano de sentimentos muito contraditórios. Sinto que voltamos a ter um plantel válido, valorizado, muito melhor relativamente a anos anteriores, no entanto os resultados ficaram aquem do esperado. A desilusão em Bilbau, associada principalmente à derrota no Jamor, foi um rude golpe num futuro que se pretende mais vitorioso.
Acredito no trabalho de Sá Pinto, no entanto às vezes sinto que com um Treinador mais completo poderiamos atingir um outro nível. Quando temos que ter o controle dos jogos, do início ao fim, diante de adversários menores do nosso Campeonato, temos sempre muitas dificuldades.
Depois o registo do Sá Pinto bonzinho é algo que já devia ser alterado. Sá "coração de leão" é irrascível, animalesco na defesa do seu Sporting...
Só nos resta fazer o que está ao nosso alcance, que é apoiar, e esperar pela retribuição dos nossos putos!
A questão Matias, que tanta polémica tem dado, é uma falsa questão. Tinha mais um ano de contrato, queria muito dinheiro pela renovação, e embora tenha tido desempenhos memoráveis, passou muito tempo escondido, ou no estaleiro lesionado, ou em desempenhos pouco regulares. Importa valorizar os nossos activos e continuar a fornecer a nossa selecção com novos talentos. Ponham os olhos no André e no Adrien (tem que renovar, senão toca a despachar!)...
Um abraço a todos os sportinguistas, mesmo aqueles que tem opinião diferente da minha.

Pedro Miguel Custódio

Anônimo disse...

maradona 76
Pensa o que quiseres, opinia como quiseres. Podes crer que sou Sportinguista. E mais ainda do tempo do Azevedo, Carlos Gomes, Cardoso e Manuel Marques, Barrosa, Canario e Verissimo e a seguir os 5 violinos.
Mas o que vejo actualmente é qualquer um a mandar, a deitar "bitaites" e a fazer do nosso Sporting um frangalho.
Não somos uma filial do FCP ? Claro que não somos, foi uma maneira simples e satírica de evocar João Moutinho.A Maça podre.
Onde se vê uma claque que tanta merda tem feito em prejuízo do Sporting, dar-se ao luxo de ditar ordens.
Futre, Dinis, Varela, Moutinho e tantos outros e idem com o Benfica.
Carlos Martins e outros tantos que não vale a pena acrescentar.