Querer que o Sporting volte a ganhar é o caminho certo!

Ontem quando falei de Pinto da Costa parece que tivemos muitas “damas ofendidas”, quando disse que uma troca de presidentes era aceitável, não quis dizer que queria Pinto da Costa no Sporting…mas sim quando é que iriamos ter um presidente que nos coloca-se na rota das vitórias…
Muita gente continua a não querer perceber que um clube precisa de vitórias e não apenas de orgulhos para sobreviver…
Há muito que nos afastámos dos nossos mais diretos rivais em termos de títulos mas muita gente continua a ser antissemetista e a não querer perceber que ao longo destes últimos 30 anos graças ao comodismo e conformismo de muitos adeptos e sócios que o Sporting se atrasou drasticamente dos outros?
Exigir títulos e dizer o que se sente é ser “judeu”?
Não estão fartos de promessas que depois não dão em nada?
Então os antissemetista estão tão acomodados a este “holocausto” que entrou no nosso clube que pouco se importam com o clube mas o mais importante é mostrar a sua hostilidade contra quem se mostra insatisfeito e quer vitórias e tenta mostrar a esses antissemetistas que o clube vai no caminho errado!
Mais vale oprimir quem quer voltar a colocar o clube na rota das vitórias e apoiar esta mediocridade que aos poucos tem vindo a afastar o clube da grandiosidade que já teve!
Não se pode nem se deve dizer nada porque dizer algo é o mesmo que “afrontar” a “falsa democracia” que reina no nosso clube!
É preferível dizer que se sentem orgulhosos mesmo sem ganhar nada do que admitir que o melhor para o clube seria voltar a ganhar?
Pedir paciência e tempo é o mesmo que dizer que os outros vão ganhando e nós a ver “os navios a passar”…
Eu orgulho-me e muito em ser sportinguista e não fazia sentido ser de outro clube mas uma tristeza enorme me invade o coração quando ano após ano vejo os títulos a irem para outros museus que não o museu de Alvalade…enquanto ninguém pensar nisto nunca mais o nosso clube volta a reentrar no caminho das vitórias!
Eu tenho uma opinião e tu tens outra, vamos então digladiar-nos em ofensas e tentar ver quem é a tem maior?
Isso só prejudica o clube!
Ou será mais importante nos “sentarmos à mesa” e debatermos a nossas ideias?
Mostrar amor ao clube é lutar juntos e exigir a quem dirige o clube que seja profissional que nos dê algo em troca da nossa dedicação e amor ao clube…e o que têm “essa gente” feito nestes últimos anos?
Nada…os títulos vão sempre para os mesmos…será só porque são corruptos?
Não meus caros, deixem-se disso, os títulos vão muitas vezes para os outros porque os outros têm gente competente e nós não…e nós assobiamos para o ar e dizemos que no próximo ano será melhor…mas o próximo ano é igual ao anterior…e volta tudo ao mesmo, voltamos a repetir o que dissemos no final do anterior…e o Sporting não passa desta “ladainha”!
Quando é os “menos exigentes” percebem de uma vez por todas que o nosso Sporting precisa de títulos?
Dizer o que se pensa que está errado no nosso clube é “malhar” no clube?
É “malhar” sim senhor, estou de acordo…mas é  “malhar” em quem é incompetente, é “malhar” em que nestes últimos 17 anos nos tem enganado ano após ano, é “malhar” nos que apoiam anos após ano o afastamento do Sporting da luta com os mais diretos rivais, porque ser “grande” não é só dizer que se é “grande” mas tem de se demonstrar que é e para o fazer só nos resta um caminho…AS VITÓRIAS!
Quando falo em vitórias não falo de “vitórias morais”, dessas estou eu farto:
- Excelente, ficámos em 2ºlugar e vamos à Champions;
Mas quem foi o campeão?
“Olha foi aquele clube que tem um presidente corrupto, que nos últimos 30 anos ganhou 19 campeonatos”.
- Fixe, fomos à final da Taça de Portugal e os porcos de Carnide e os Andrades ficaram a ver a final em casa;
“Olha mas perdemos com a Académica, pronto fica a consolação de termos ido à final e os outros não, mas porra ficámos em 4ºlugar e o clube do “costume” é que foi campeão”.
Ou começamos a interiorizar que o clube precisa de vitórias e que temos de ser mais exigentes ou então o Sporting nunca mais ou dificilmente volta ao topo…
Ser exigente e criticar os actos da direcção do clube não é querer o mal do clube, é a visão de um adepto/sócio mais exigente que aqueles que há muito se resignaram a este estado de coisas e que o único argumento que usam é a atitude antissemetista para defender aquilo que há muito se viu que está errado…até porque insistir no está errado é ser burro!
O respeito e a democracia conquistam-se pelas palavras sabiamente distribuídas e não pela “força” como as usamos, não vale a pena usar a “força”, usem aquilo que têm mais “há mão”, usem a cabeça e pensem…o Sporting só volta a ser “grande” quando vocês quiserem aquilo que nós queremos…QUEREMOS COLOCAR O CLUBE NA SENDA DAS VITÓRIAS!

7 comentários:

Anônimo disse...

O blog da merda verde a pedir desculpas por gostar do papa.

Anônimo disse...

É óbvio que todos queremos ganhar! Este vai ser o nosso ano! "Damas"(era suposto ter graça,chatear alguem, ou escreveste por estupodez-independentemente do objetivo foste infeliz)

Miguel_Fernández disse...

Isso não é fácil. Porque não depende de nós. Depende dos bois de preto! SL

Janse nista disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

"antissemetista"!!!???

Andas sempre com uma moral do caneco a mandar os outros para as novas oportunidades, mas tu é que devias lá estar...................

Mas o melhor para o fim

"até porque insistir no está errado é ser burro!"

parece-me que o burro é quem construiu esta frase brilhante, brilhante.


Para acabar o clube não ganha porque tem lá ainda muita merda do teu calibre, chicos-espertos que não sabem nada mas pensam que sabem mais que todos.

Anônimo disse...

epah tu es um idiota de primeira sabes disso ?! "antissemetista" ? ainda gostava que me explicasses que
raio é isso !!

e sim, ja sei que vais perguntar pelos meus argumenos e etc., mas tambem sei que quando te responder com argumentos, vais simplesmente ignorar, pois nao tens capacidade argumentativa para debater seja com quem for !

Sportinguista disse...

Eu acho graça que quando se faz um post onde se pede que os adeptos se unam e acordem porque o importante é colocar o clube na rota das vitórias, não aparecem os energumenos com os seus brilhantes argumentos...vão sim aparecendo aos magotes para ofender...o argumento do costume...