A voz do adepto leonino - "O Fair-Play dos jogos do Carnide!"

“Fito Rinaudo, um Senhor, veio rotulado como um jogador que tinha uma agressividade que poderia eventualmente estar acima dos limites legais.
Rinaudo mostrou ser um jogador com um temperamento saudável, intensidade alta mas jogando como um cavalheiro, tal e qual os jogadores de rugby, desporto onde há mais fair-play no mundo.
Desporto de brutos disputado por cavalheiros.
Agora estranho que não façam o mesmo a dois jogadores do Benfica, desta vez com razão: MAXI e JAVI
O primeiro Maxi Pereira [além do fraco rendimento ocultado pela imprensa, pois tenho a certeza que se Maxi Pereira trocasse de equipamento com Maicon, as exibições de Porto e Benfica no lado direito da defesa iam ser parecidas (mediocres) mudando apenas o coeficiente de avaliação da imprensa, os adeptos da merda e dos porcos tão cegos nem notavam a mudança] apenas na 1ª parte fez mais de 7 faltas contra o Guimarães.
Todas envolveram, agarrões, cotoveladas, ou rasteiras.
Acabou o jogo sem levar amarelo, Joao Pereira, com a fama de rafeiro que lhe foi difamada, com faltas em que Maxi não levou amarelo levava vermelho.
Javi. Para além da cabeçada, levou um amarelo, deve ter aprendido com Zidane no Real Madrid. Normal.
Normal nele, pois já não é a primeira vez que agride um individuo de raça negra, desta feita, fisicamente.
É o canguru do meio-campo do Benfica. Só joga com os braços.
Cotoveladas atrás de agarrões atrás de empurrões. É o jogador de maior conduta anti-desportiva do campeonato português, pior ainda que o seu antecessor neste capitulo, Bruno Alves.
Onde há confusão está sempre lá. Lembrem-se que contra o Sporting, fez a falta lateral quase em cima da linha, sarrafou sem levar amarelo, e envolveu-se com Ricky Van Wolfswinkel e o seu colega Cardozo apanhou o amarelo por ele, no mesmo lance houve matéria para 2 cartões amarelos.
Terminou o jogo!
E sem ser amarelado.
Jogo contra o Feireinse estava 2-1 aos 80 minutos, atropela Ludovic dentro de área, era penalty contra o Benfica e ele era expulso não jogando no jogo seguinte, ninguém lhe tirou a matrícula, e ele continua no bate e foge jogo após jogo.
Não discuto arbitragem mas sim a maneira de jogar, e a disparidade de tratamentos.
Há mais exemplos.
Tudo somado dá títulos.
MAXI PEREIRA e JAVI GARCIA se os árbitros forem isentos sem ideias pré-concebidas não chegam até ao fim de um único jogo, não são jogadores de futebol, não deviam estar no SLB mas sim no MMA a jogar Vale-Tudo.
Sejamos nós a meter-lhes o rótulo.
Saudações Leoninas”
Autor: Don

5 comentários:

Miguel disse...

já sentia falta dos posts chamados "A voz do adepto leonino". sim senhor, um post muito interessante, que já não se via neste site há muito, mas muito tempo! SL

fartinho deles!!! disse...

O "cantiflas" para mim é mediano, mas a máquina controlada da comunicação social chega para estar entre os melhores. Quanto ao outro é reincidente quanto ao racismo. Mas creio que alguém há-de escrever bem direito por linhas bem tortas.

Anônimo disse...

Maxi e Javi , junto ainda Rolando e Moutinho.....os maiores caceteiros da liga tuga !
e os mais protegidos tambem !!!


SL ONE LOVE

Anônimo disse...

já o digo ha muito tempo..são imunes aos cartões esses dois jogadores, tal com eram david luiz, bruno alves ou jorge costa!..

no sporting, o capitão vai falar com o arbitro e é capaz de levar da conversa um amarelo!

Quanto ao blog, parem de dar de empurrar, puxar ou darcotoveladas ao homem..ele escreve o q lhe vai na alma, nao vos insulta, portanto nas respostas sejam no minimo educados ou então se nao gostam nao leiam!!!

Ass: Daniel Pereira

SL

Anônimo disse...

Sempre a falar do nosso adversário é apenas isso UM adversário, deixemo-nos de complexos de inferioridade e siga, força SCP.