Só nós que amamos este clube o podemos levantar!

O Sporting sempre foi ao longo da sua história um clube de homens e feito por homens, é um clube dos adeptos e feito pelos adeptos…o Sporting somos nós, o Sporting foi aquilo que durante a sua história os seus adeptos quiseram…um grande em Portugal e na Europa!
Hoje em dia a história não muda, o que muda é a forma dos actuais adeptos olharem para o clube…o Sporting é e será sempre aquilo que nós quisermos, então o que é que nós queremos?
Queremos de volta o grande Sporting que ombreava com os adversários directos pelo “domínio” do futebol em Portugal ou queremos a continuidade deste actual Sporting que é “dominado” pela resignação e falta de atitude ganhadora?
Queremos um Sporting que ganha sempre ou quase sempre ou um Sporting que apenas ganha quando o Papa vem a Portugal?
E não me venham dizer que não é possível ganhar sempre ou quase sempre, basta verem o exemplo dos “andrades”…
Estou farto de relatórios de contas, de números e outras contas… só vejo é falarem de passivo mas não vejo os números dos títulos a crescerem…quem tem “capacidade” para mudar o rumo disto?
São “eles” (os engravatados) ou nós que somos o Sporting?
O Sporting é o que nós quisermos e todos juntos…os resignados que olhem para a história do clube porra!
Somos nós que podemos levantar o clube…estou farto de conversas de “vamos levantar a cabeça”, “não vamos atirar a toalha ao chão”…
Já chega ou não?

3 comentários:

Anônimo disse...

O problema é que agora é muito mais complicado investir, porque os bancos não estão na mesma situação de há uns anos atrás.

Agora os bancos não têm dinheiro para colocar no futebol e como tal é mais complicado "comprar" jogadores.

Agora é necessário ter "bons olhos" para ir buscar bons jogadores e baratos.

O problema do Sporting actual é que andou durante 4 anos contente com o 2º lugar e sempre a desinvestir de época para época enquanto que os rivais, um já é forte há muito tempo e o outro durante esses 4 anos foi investindo consecutivamente.

Enquanto por lá andaram Camacho, Fernando Santos e Quique Flores aquilo não descolava, mas quando chegou Jorge Jesus explodiram.

E aí já era tarde para o Sporting acordar.

Após 4 anos de investimento forte do rival (nessas 4 épocas foram contratados 9 jogadores do 11 base do campeão de 2009/2010) e de 4 anos de desinvestimento forte do Sporting, de que estávamos à espera?

Para ajudar à festa, veio a crise económica dificultar o investimento na equipa.

Agora os rivais têm uma base muito forte.

Para alcançar o nível de plantel que eles têm actualmente, não vai ser fácil.

Agora gostava de dar 1 exemplo de contratações da pré-época e que pode mostrar a qualidade de quem contrata jogadores.

O Sporting e o Benfica foram nesta pré-época buscar 1 jogador cada ao Barcelona.

O Sporting trouxe do Barcelona A, Jeffrén que custou 2 milhões de euros.
O Benfica foi buscar ao Barcelona B, o Nolito que veio a custo "0".

Ora, estamos em Janeiro e temos:

Jeffrén: 6 jogos; 1 golo
Nolito: 29 jogos; 11 golos

Miguel disse...

e queres comparar? o jeffren é muito superior ao nolito mas as lesões afetaram o seu rendimento

Anônimo disse...

Se calhar as 9 lesões que o Jeffrén teve nos 2 últimos anos de Barcelona ajudam a explicar isso.

Se quem contrata fizesse uma pesquisa séria e profunda sobre os jogadores a contratar saberia dos riscos que corria.