Sporting 3 - Maritimo 0...O Jamor é já ali...

SPORTING: Rui Patrício; João Pereira, Oguchi Onyewu, Anderson Polga, Emiliano Insúa, Carriço, André Martins, Stijn Schaars; André Carrillo, Diego Capel e Ricky Van Wolfswinkel
AO INTERVALO: 0-0
1-0 Carrillo ao 48 min.
2-0 Ricky Van Wolfswinkel aos 60 min.
3-0 Insúa aos 82 min.
Uma 1ªparte jogada a bom ritmo, oportunidades de parte a parte, no entanto as oportunidades de golo do Sporting são claramente mais flagrantes(apenas um remate perigoso de Baba para uma defesa difícil de Rui Patricio), aliás o Maritimo nem um remate de grande perigo fez à nossa baliza mas de cada vez que contra-atacava metia a defesa do Sporting em estado de sitio…e apenas isso, contra-ataques muito venenosos e nada de grande perigo mas notou-se alguma dificuldade para o meio-campo defensivo do Sporting conseguir travar esses mesmos contra-ataques…tanto Carriço como André Santos não deram agressividade defensiva ao nosso meio-campo…muita falta faz Elias neste jogo!
Os laterais do Sporting estiveram muito bem no plano ofensivo, mais destaque para João Pereira mas ambos muito bem, os alas algo discretos, parece-me que Capel pode estar a atravessar algum abaixamento de forma(?), Schaars igual a si mesmo e André Martins talvez o elemento do trio de meio-campo do Sporting com maior protagonismo nos primeiros 45 minutos, aliás são dos seus pés as duas grandes oportunidades de golo do Sporting e para mim o melhor em campo do Sporting na 1ªparte, Wolfswinkel volta a ter um golo “cantado” nos pés a falhou(será azar?) e depois Onyewu podia também ter feito o golo num cabeceamento junto à relva.
Exibição positiva na 1ªparte, mais posse de bola, mais possibilidades para golo que o adversário, penso que com mais agressividade e mais velocidade podíamos ter chegado ao intervalo a vencer.
Claro que não estamos a defrontar uma equipa qualquer, é uma muito agressiva no processo defensivo e que contra-ataca com grande velocidade e objectividade e tem um trio de ataque de respeito.
Depois nota-se também na nossa equipa alguma dificuldade nas transições atacantes e algum abuso nas bolas longas (regresso ao passado?)…
De assinalar um lance algo caricato na 1ªparte, lance que não é penalty sobre André Martins, o “bandeirolas” levanta o “pau” e assinala o castigo máximo e o arbitro não marca, antes o boi de preto mostra o amarelo a um jogador do Marítimo num lance sobre Capel e na minha opinião é lance para claro vermelho!

Uma 2ªparte que logo no seu inicio nos mostrou um Sporting completamente diferente e para melhor, entrou mais rápido e com atitude e logo cedo acabámos por chegar ao golo num grande golo de Carrillo a corresponder a um grande cruzamento de Capel (parece algo cansado?), um cruzamento à Capel, o espanhol que me parece algo longe da “fogosidade” de outros tempos, não jogou mal mas não está com o mesmo “andamento” que Insúa na ala esquerda.
Schaars fez uma 2ªparte de grande nível, comandou o meio-campo do Sporting na 2ºparte e tem uma jogada na ala direita que passa um adversário com uma finta só mesmo ao alcance dos grandes jogadores, André Santos esteve mais discreto mas trouxe muito mais qualidade de passe nas saídas para o ataque.
O Sporting marcou cedo na 1ªparte e entrou melhor que o Maritimo mas o jogo fica praticamente decidido depois da expulsão de um jogador dos madeirenses, numa grande penalidade que Wolfswinkel acabou por falhar, depois desse lance notou-se que o Sporting teve mais espaço para jogar e começou a assistir-se a um futebol de grande qualidade por parte do Sporting e um Maritimo que nunca desistiu de procurar a baliza de Rui Patricio, a postura dos madeirenses acaba por valorizar ainda mais a nossa vitória, não vencemos uma equipa qualquer, aliás a prestação dos madeirenses esta época fala por si!
Mas voltando ao Sporting, acabamos por chegar ao 2-0 noutra grande penalidade e desta vez Wolfswinkel (estará em crise de golos?) acaba por marcar e descansa os adeptos mas mesmo assim o Marítimo não desistiu, o jogo estava mais aberto e a qualquer momento podia aparecer um golo e acabou mesmo por aparecer mais um golo para o Sporting e até podiam ter sido mais…
Carrillo hoje deu um grande espectáculo (mas só na 2ªparte) e para mim foi mesmo o jogador mais influente do Sporting na 2ªparte, marca um golo e está no lance da grande penalidade!
Rui Patrício esteve muito bem, não foi incomodado em abono da verdade mas das vezes que foi chamado a mostrar que está mais confiante e a isso também se deve a melhor equipa que temos este ano!
Estamos cada vez mais perto de marcar presença na final do Jamor…penso que depois de ultrapassarmos o Maritimo temos todas as condições de ganhar este troféu…somos os mais sérios candidatos a vencer a Taça de Portugal!
Mais uma nota para falar de Pereirinha, alguém ainda tem dúvidas que “este cepo” não tem qualidade para jogar no Sporting?
Acabamos o ano de 2011 a lutar por todos os troféus em que estamos inseridos…agora venha o Rio Ave para a Taça da Liga e depois o FCPorto…

*Acabo de receber a informação que a PSP teve algumas dificuldades em fazer entrar os 40000 porcos para o fosso e depois mais algumas dificuldades em sintonizar o rádio para os porcos ouvirem o relato do jogo, parece que o porco João Gabriel acabou por sair mais cedo do fosso e foi detido pela PSP e foi logo metido dentro da camioneta dos porcos que irá transportar a vara para a ETAR…

Um comentário:

Anônimo disse...

"(apenas um remate perigoso de Baba para uma defesa difícil de Rui Patrício), aliás o Marítimo nem um remate de grande perigo fez á nossa baliza...."

Em que ficamos? O remate do Baba foi perigoso, ou não houve remates perigosos?