A voz do adepto leonino - "Isto é uma espécie de futebol"

“Caros sportinguistas,
A 1ª liga portuguesa está a evoluir para uma espécie de campeonato de futebol.
Passo agora a enumerar os ingredientes que a constituem.
Primeiro coloca-se uma equipa de 11 jogadores,  em formação contra o que inicialmente parece, contra 14 adversários, em que 3 desses adversários, podem livremente sonegar golos legais, não marcar pénaltis escandalosos e ainda perdoar á equipa adversária algumas expulsões.
Faz-se tudo isso durante as primeiras 3 jornadas, tudo isso com o intuito obvio de beneficiar o Sporting, pois só dessa forma foi possível perceber que o Hélder Postiga, o Evaldo e o Djaló não podiam ser titulares do Sporting, obrigando-nos a comprar o Insua, o Elias e apostar no "flop" Ricky (lobo), para testar as alterações produzidas na equipa nada melhor, que ao 4º jogo inventar um golo ao adversário, logo nos primeiros minutos, aí o Sporting respondeu com requintes de malvadez, ao dar 75 minutos e 2 golos de avanço ao adversário para depois trucidá-lo nos últimos 15 minutos.
Situação essa, que está a ser investigada no conselho de justiça por conduta violenta e anti-desportiva dos jogadores do Sporting, sobre os adversários, não bastando tudo isto ainda ajudam os adversários directos do Sporting, nos seus jogos, mais uma vez para beneficiar o Sporting, pois desse modo condicionam os adversários para um certo relax, perante tantas facilidades.
Durante 2 jogos em que o Sporting vence convincentemente, pois já se adaptou a jogar contra 14, aproximando-se perigosamente dos seus adversários directos, eis que surge o 15º adversário, que é o Sr. que nomeia os árbitros e num jogo com algum grau de dificuldade, nomeia o Sr. Bruno Paixão, para que este introduza uma nova nuance, nesta espécie de futebol em que são 10 contra 15.
No entanto ainda há possibilidades de o Sporting perder o jogo na secretaria, por 2 motivos.
O 1º derivado dos protestos dos jogadores do Guimarães alegando que o jogo assim ficou mais difícil para eles, opinião validada pelos comentadores da Sportv pois o Guimarães não tinha treinado esta situação, ao contrário do Sporting que menos de 72horas o tinha feito contra a Lázio e aqui surge o 2º motivo de protesto e ao mesmo tempo de averiguação para se descobrir de onde surgiu a fuga de informação que levou o Sporting a jogar com 10 contra 14 contra a Lázio.
Por tudo isto é obvio que querem descaradamente beneficiar o Sporting, pois perante estas dificuldades estão claramente a tornar o Sporting mais forte, a equipa mais solidária e o Sporting não merecia isto pois no inicio de época enganou tudo e todos ao apostar numa equipa técnica incapaz e numa politica de contratações que deveria ser desastrosa.
Desculpem a minha burrice mas só agora percebi o que Pinto da Costa quis dizer com os árbitros serem uns heróis.
Saudações Leoninas.
Ricardo Dias”

Nenhum comentário: