A voz do adepto leonino - "Melhores decisões precisam-se"

“Depois de mais uma triste exibição do nosso Sporting, vem a depressão.
Não é motivo para tanto, até porque o resultado não compromete nada, mas é necessário uma análise fria e realista da situação.
Ao contrário do que muitos possam pensar a má exibição nesta fase da época pode-se aceitar e quem tem experiência de treino sabe-o, no entanto os sinais preocupantes são outros e aqui a meu ver já existem algumas opções estranhas do treinador que podem condicionar toda a época, sobretudo se não forem tomadas as decisões correctas para Aveiro.
Penso que esse jogo pode ser crucial para todo o resto da época pois mais um resultado negativo, pode por a perder  todo o capital de confiança, quer por parte dos adeptos mas principalmente por parte dos jogadores, que podem começar a desconfiar das próprias capacidades tornando-se depois mais dificil dar a volta ao texto.
Embora num texto por mim enviado tenha essencialmente referido ao Rui Patrício e Hélder Postiga percebo que quase nenhum treinador do mundo substitua um jogador só por um mau jogo, mas neste momento o problema é outro é o ambiente criado em volta desses jogadores e na minha opinião por culpa própria destes.
Aqui retiro o Rui Patrício porque as opiniões se dividem mas nos outros há quase unanimidade, refiro-me ao Helder, ao Evaldo e ao Djaló.
Aqui Domingos tem de saber gerir muito bem o plantel, sei que não é fácil mas quem está num clube de top, tem de ser de top.
Neste momento estes 3 jogadores não têm condições para ser titulares do Sporting e aqui cabe ao treinador protege-los para que depois em circunstâncias mais favoráveis lançá-los para que possam demonstrar o seu valor.
Por outro lado o que faz um bom ambiente num balneário são os resultados, porque caso contrário os que estão de fora sentem a injustiça da sua situação provocando desconfortos, tudo isto por um lado , agora analisemos do ponto de vista daqueles que ficam de fora:
Rubio foi o melhor da pré época e estava moralizado de repente percebe que não é primeira opção, desmoraliza e quando entra sente que tem de mostrar mais que os outros e que dizer do Wolfswinkel que nem opção tem sido numa equipa que não tem marcado golos, já agora continua para mim o mistério do apagamento total do Carrillo e depois os dirigentes não percebem porque há jogadores que não brilham no Sporting e fazem-no noutro lado.
Saudações Leoninas,
Ricardo Dias”

Um comentário:

Anônimo disse...

Concordo totalmente com tudo o que foi dito!