A voz do adepto leonino - "Acreditar"

“O futebol profissional do Sporting deu uma grande volta desde as últimas eleições.
Se é uma volta boa ou má, isso fica ao critério de cada um, mas que foi uma grande volta isso foi.
Desde já digo que não teria votado em Godinho Lopes no dia 26 de Março, mas estou bastante surpreendido com o seu trabalho. Tem falado bem diante das câmaras, tem feito boas contratações, mas o mais importante é a segurança e a independência que há muito não tínhamos.
Muitas das nossas contratações só se souberam no próprio dia, como é o caso de Van Wolfswinkel, Schaars, Onyewu e Marcelo Boeck, isso é uma das coisas que me agrada neste novo Sporting.
Isso reflecte-se num maior respeito da imprensa e dos adeptos e clubes adversários pelo nosso clube, respeito esse muito superior ao que era antes, o qual era vergonhoso.
Neste momento já nos respeitam mais mas ainda não chega.
O resto do respeito só se conquista ganhando.
Era aí que queria chegar.
O Sporting precisa de ganhar e urgentemente.
Para ganharmos, precisamos de vários factores:
- Uma equipa com qualidade, que, sem dúvida, está a ser criada;
- O apoio incondicional dos nossos maravilhosos adeptos e para isso precisamos de estádio cheio, principalmente nos primeiros jogos da época.
Outra das coisas que chama adeptos são os jogadores famosos internacionalmente.
Na minha opinião, Godinho deveria de pensar nisso como uma jogada de marketing e consequentemente, um maior apoio dos adeptos;
- O factor psicológico, que é, talvez, o mais importante.
Nos dois últimos anos este tem sido o nosso maior problema: quando a nossa equipa perde um ou dois jogos, não consegue recuperar mentalmente. É isso que precisa de mudar.
Como?
Melhorando os dois aspectos acima referidos.
Por isso vamos cumprir a nossa parte (apoiar, apoiar, apoiar) e esperar que eles cumpram a deles!
Sporting Sempre!
Luís Castelo, sócio nº48865”

Mais daqui a pouco o blog irá disponiblizar os links de streams para visualizarem o jogo do Sporting frente ao FCPresikhaaf.

Nenhum comentário: