A voz do adepto leonino - "O meu plantel 2011/2012"

“Decidi fazer mais um plantel tendo em base a nossa nova direcção. Aceito critica construtivas para responder com todo o gosto.
Obrigado

GR - Rui Patrício,  Vítor Golas (retorno empréstimo), Rafael Bracalli (Nacional da Madeira)  
DC - Alex Silva (São Paulo/Hamburgo), Alberto Rodriguez (Sp.Braga), Ezequiel Garay(Real Madrid), Douglas Teixeira(Twente)
DE - Oscar Wendt (Copenhaga), Drenthe (Real Madrid)
DD - João Pereira, Silvio (Sp.Braga)
MC/MD - André Santos, Pedro Mendes, Petrovic, Arouca (Santos)
MO - Matias Fernandez, Jaime Valdés
ME - Juan Ángel Albin (Getafe), Eran Zahavi(Hapoel Telaviv) 
MD- Marat Izmailov, Bruno Gama (Rio Ave)
PL – Bobô (Besiktas), Jô (Man.City), Kléber (Maritimo), Jonas(Grémio)
Transferência por empréstimo - Garay, Drenthe

Transferência definitiva - Tudo o resto
Restante plantel - Vendido,Emprestado, Dispensado, Equipa B
Treinador: Domingos Paciência

João Carvalho”

6 comentários:

Anônimo disse...

O Sílvio e o Kléber vão para o Porto

Anônimo disse...

O Jonas já tá no Valência...

Avô Cantigas disse...

bla bla bla eu sou RIDÍCULO e jogo FM o dia todo...


ACORDEM PARA A VIDA!!!!

Anônimo disse...

falta o leto

Anônimo disse...

Merda de equipa!!!

Nando disse...

Vamos lá analisar.

Em lugar do Silvio antes quero o João Gonçalves.
Dos 4 centrais só o Alex Silva e o Garay (se fôr comprado) é que focavam, o Rodriguez só entraria caso o Tosiglieri ou o Carriço saissem.

Drenthe não é jogador para o Sporting pois não passa de um autêntico flop. E ainda digo mais, caso viesse nunca seria para lateral esquerdo mas sim para ala que é o lugar onde rende mais.

Depois para quê é que o Sporting precisa de um jogador como o Pedro Mendes cujo o seu atual cartão de visita é a enfermaria.

No lugar do Arouca chamava o Renato Neto

Os médios ofensivos seriam sempre o Matias e o Izmailov caso recupere bem. Estou farto de dizer que o Izmailov não é estremo(ala) apesar de adaptar-se ao lugar.

Nos estremos saia como é óbvio o Izmailov e entrava o Leto e, o bruno Gama, na minha opinião não é superior ao Djaló.

Na frente tirava só o Jonas e metia o Lacina Traoré.

Não queria jogadores emprestados no plantel, porque paga-se o emprestimo, paga-se o salário ao jogador e, no fim, não temos retoro nenhum desse investimento e estamos a valorizar o jogador para proveito de outros.
Empréstimos só no mercado de inverno (apesar de não ser apologista de reforços nessa altura) e com a clausula de preferência no final.